PUBLICIDADE

Topo

Universa

Chiclete dietético pode causar diarréia, diz pesquisa

11/01/2008 18h01

Chiclete dietético em excesso pode levar à diarréia e grande perda de peso, alertam médicos alemães em um artigo publicado na última edição da revista especializada British Medical Journal.

A causa é o sorbitol, uma substância usada como adoçante em chicletes e doces dietéticos - inclusive em produtos para diabéticos -, que também tem ação laxante.

No artigo, os médicos citam o exemplo de dois pacientes que ficaram doentes por causa do hábito de mascar 20 chicletes por dia.

Representantes da indústria afirmam que o sorbitol é uma substância segura e que os pacotes de chiclete trazem alertas sobre o consumo excessivo do produto.

O chiclete também é usado como laxante, mas apesar dos alertas nas embalagens, muitas pessoas não se dão conta de que, se consumido em grandes quantidades, ele poderá causar problemas estomacais, afirmam os pesquisadores alemães.

Consumo excessivo

Uma mulher de 21 anos que sofria de diarréia e dores de barriga há oito meses passou por uma série de exames, até que os médicos se dessem conta de que a causa do problema era seu hábito de mascar chicletes dietéticos.

No período, ela emagreceu mais de 11 quilos e chegou a ficou abaixo do peso ideal. Em outro caso, um homem foi internado em um hospital depois de perder 22 quilos ao longo de um ano e sofrer de diarréia.

Os médicos concluíram que os dois pacientes consumiam entre 20 g e 30 g de sorbitol por dia. Cada chiclete tem cerca de 1,25 g do adoçante.

O médico Juergen Bauditz, do Departamento de Gastroenterologia do hospital da Universidade Charite, em Berlim, disse que entre 5 e 20g de sorbitol seriam suficientes para causar problemas menores no estômago, como inchaço e cãibra, mas mais de 20 g poderiam causar diarréia e, como esses casos mostraram, uma severa perda de peso.

Quando o médico entrevistou os pacientes, ele descobriu que os dois substituíam o chiclete com freqüência, ingerindo assim altas doses de sorbitol.

Frutas

Depois que os pacientes cortaram o sorbitol de suas dietas, os sintomas desapareceram e eles recuperaram o peso perdido.

Um porta-voz da empresa Wrigley, que produz vários chicletes dietéticos, afirmou que todos os ingredientes usados são seguros e que as embalagens trazem alertas sobre os efeitos laxantes do consumo excessivo.

"O sorbitol existe naturalmente em várias frutas, entre elas pêra, ameixa, cereja, tâmara, damasco, pêssego e maçã."

"Está bem documentado na literatura médica, com estudos datando mais de 20 anos, que o consumo excessivo dos poliálcools, como o sorbitol, pode ter um efeito laxante sobre algumas pessoas", concluiu o porta-voz.

Universa