Topo

Asteroide "perigoso" passará perto da Terra; Nasa calcula que não há risco

Calma! Cientistas descartaram hipótese de o asteroide se chocar contra o planeta - Reprodução/Inverse
Calma! Cientistas descartaram hipótese de o asteroide se chocar contra o planeta Imagem: Reprodução/Inverse

Bruno Madrid

do UOL, em São Paulo

27/06/2019 13h10Atualizada em 28/06/2019 09h27

O gigante asteroide denominado 2008 KV2, com mais de 300 metros de comprimento, passará próximo da Terra nesta quinta-feira (27).

Mas não é preciso se assustar: de acordo com dados da Nasa, o asteroide ficará a uma distância de 6,7 milhões de quilômetros do planeta - o que equivale a cerca de 17 vezes a distância da Terra em relação à Lua.

Apesar de ser considerado pela Nasa como "asteroide potencialmente perigoso", os cientistas afirmam que não há risco de colisão.

Observar objetos deste tamanho passando em distâncias relativamente "curtas" é raro: o asteroide está na seleta lista de objetos próximos à Terra (em inglês, NEO, Near-Earth-Objects).

Para entrar neste grupo, é necessário passar em uma distância de até cerca de 50 milhões de quilômetros da órbita.

O 2008 KV2 foi descoberto há 11 anos e, como está ao redor do Sol, deve chegar mais perto da Terra novamente. Isto está programado para acontecer uma vez em 2021 e duas vezes em 2022.

Errata: o texto foi atualizado
A aproximação do asteroide 2008 KV2 em relação à Terra está programada para acontecer novamente uma vez em 2021, e não em 2011.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Astronomia