Topo

Astronauta se despede do espaço com versão de David Bowie gravada na ISS

Do UOL, em São Paulo

13/05/2013 17h17

O canadense Chris Hadfield se despediu do comando da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) com um feito inédito. Ele foi o primeiro homem a gravar um videoclipe no espaço, a bordo da plataforma localizada a mais de 400 quilômetros de distância da Terra.

O astronauta de 53 anos fez uma nova versão da música Space Oddity, alterando alguns trechos da música lançada em 1969 por David Bowie. A letra faz alusão ao lançamento ao espaço de um astronauta fictício, major Tom, e traz diálogos entre ele e a torre de comando na Terra.

"Com todo o respeito ao gênio de David Bowie, aqui vai Space Oddity, gravada na ISS. Um último vislumbre do mundo", escreveu Hadfield  no Twitter neste domingo (12). Em menos de um dia, o vídeo já tinha sido visto quase 2 milhões de vezes no canal oficial do astronauta no YouTube.

No lugar da recomendação das "pílulas de proteína", Hadfield escuta ordens para "trancar a escotilha da Soyuz", nave russa usada pelos astronautas para chegar ou sair da ISS.  Ele também altera outros trechos em nome de uma versão mais pop, e não menciona que os "circuitos de Major Tom estão pifados" nem se despede com tristeza de sua mulher, como marca o fim da letra original de 1969. 

A voz e o solo violão foram gravados diretamente da ISS, mas a mixagem foi feita por uma equipe na Terra, com supervisão de seus filhos.  No clipe de cinco minutos, o canadense ele flutua, gira seu violão e observa o espaço pelas janelas dos módulos, tudo ao ritmo mais lento, devido à sensação de gravidade zero da plataforma orbital. 

Troca de comando

O astronauta vai voltar à Terra com sua equipe, o russo Roman Romanenko e o norte-americano Tom Marshburn, na noite desta segunda-feira, com pouso previsto nas estepes do Cazaquistão para a madrugada (23h30 de segunda-feira, no fuso de Brasília).

Ele passou o comando da ISS para o cosmonauta russo Pavel Vinogradov neste domingo (12), inaugurando o início da expedição 36 na estação. O novo trio de astronautas - a norte-americana Karen Nyberg, o russo Fyodor Yurchikhin e o italiano Luca Parmitano - já fez os últimos testes na Rússia e deve ser lançado ao espaço no fim do mês, a partir da base de Baikonur, no Cazaquistão. 

 

Mais Tilt