PUBLICIDADE
Topo

Deslizamento de terra sepulta parque industrial e casas na China

Em Pequim

20/12/2015 07h32Atualizada em 20/12/2015 21h12

Pequim, 20 dez (EFE).- Um deslizamento de terra sepultou parte de um parque industrial e casas próximas na cidade de Shenzhen, em Cantão, neste domingo, e deixou 59 pessoas desaparecidas, segundo confirmaram as autoridades chinesas.

Perto da meia-noite deste domingo (horário local, 14h de Brasília), a apuração de desaparecidos era de 36 homens e 23 mulheres, disse Yang Feng, porta-voz do serviço de emergências de Shenzhen à agência oficial "Xinhua".

Anteriormente a mesma agência tinha cifrado em 41 e depois reduzido a 27 o número de desaparecidos onde aconteceu o deslizamento, no parque industrial de Liuxi, situado no novo distrito de Guangming, ao noroeste da cidade.

As equipes de resgate indicaram que, por enquanto, três pessoas ficaram levemente feridas, e asseguraram ter detectado sinais de possíveis sobreviventes em três pontos do parque.

O deslizamento de terra foi seguido por uma explosão em um gasoduto, que deixou uma esteira de escombros de 100 mil metros quadrados, e, pelo menos, 900 pessoas foram evacuadas, segundo a "Xinhua".

"Vi uma quantidade de terra vermelha e barro avançando em direção à empresa", comentou à "Xinhua" um empregado do parque industrial que testemunhou o acidente.

Outra testemunha contou ao jornal local "Shenzhen Evening New" que viu a caminhonete conduzida por seu pai ser engolida pela terra, e que ele ainda não foi encontrado.

Mais de 1.500 profissionais participam dos trabalhos de resgate para buscar pessoas com vida entre os escombros, com ajuda de quase uma centena de caminhões de bombeiros, quatro drones e 13 cães farejadores.

Dois dos edifícios soterrados eram dormitórios de trabalhadores do parque, segundo a rede de televisão "CCTV".

Ren Jiguang, subdiretor do escritório de segurança pública de Shenzhen, disse à emissora que a maioria das pessoas foi transferida para áreas seguras.

O jornal local "Daily Sunshine" destacou que choveu hoje em Shenzhen e que as estradas e o local do acidente sofreram com as precipitações.

Shenzhen é uma próspera cidade industrial no sul de Cantão que possui quatro passagens fronteiriças com Hong Kong.