PUBLICIDADE
Topo

Surreal! Robôs saltam obstáculos e dão salto mortal em circuito de parkour

Robô humanoide Atlas, da empresa de robótica americana Boston Dynamics - Reprodução
Robô humanoide Atlas, da empresa de robótica americana Boston Dynamics Imagem: Reprodução

Aurélio Araújo

Colaboração para Tilt, em São Paulo

18/08/2021 12h09

O parkour, treinamento de movimentos que envolve saltar, se escorar e pegar impulso em objetos e obstáculos, tem um novo praticante: o robô humanoide Atlas, da empresa de robótica americana Boston Dynamics.

A empresa publicou nesta terça-feira (17), em suas redes sociais, um vídeo em que duas unidades diferentes do Atlas, robô desenvolvido para ter agilidade e equilíbrio comparáveis aos humanos, fazem uma rotina de exercícios curiosa.

Eles saltam rapidamente, passando por sobre alguns vãos, caminham sobre vigas estreitas e até dão um salto mortal para trás, lembrando os melhores praticantes de parkour.

De acordo com comunicado publicado pela Boston Dynamics, o fato de eles terem completado o percurso é notável, porque foi a primeira vez que fizeram isso sem cometer erro algum. No texto, a empresa disse que seus engenheiros levaram meses para ensinar essas habilidades aos Atlas.

O parkour, informa a Boston Dynamics, é uma boa forma de desenvolver a agilidade das máquinas. "Se robôs puderem eventualmente responder ao seu ambiente com o mesmo nível de destreza de um adulto humano médio, o leque de aplicações potenciais disso será praticamente sem limites", diz o comunicado.

Ou seja, não espere ver muitos Atlas no mercado, acessíveis para compra num futuro próximo. Diferentemente do Spot, o cão-robô da empresa, desenvolvido para agir como um pet, essa linha de humanoides é pensada para utilidades que substituam humanos em situações como trabalho pesado, por exemplo.

Nas redes sociais, porém, as brincadeiras focam no medo que os Atlas podem causar: "por enquanto, é super divertido ver esse vídeo. Quero ver em 10 anos, quando eles puderem caçar humanos nas ruas", diz um tweet popular sobre o vídeo.