PUBLICIDADE
Topo

Foguete chinês foi visto de diferentes partes do mundo; confira imagens

Foguete chinês Long March 5B foi lançado em abril - CGTN
Foguete chinês Long March 5B foi lançado em abril Imagem: CGTN

Renata Baptista

De Tilt, em São Paulo

09/05/2021 16h17

Enquanto estava em sua trajetória para a reentrada na atmosfera, especialistas e curiosos de diferentes partes do mundo conseguiram avistar o foguete chinês Long March B5 e fazer registros em fotos e vídeos.

A maioria dos componentes do foguete se desintegrou ao entrar na atmosfera terrestre e os destroços foram parar no Oceano Índico na noite deste sábado (8), de acordo com a imprensa estatal chinesa. O Long March 5B foi usado recentemente para enviar à órbita o módulo Tianhe, o primeiro da futura estação espacial chinesa. O lançamento, no dia 29 de abril, foi um sucesso, mas o estágio principal do foguete, que é descartado na subida, não se comportou como planejado, e retornou para a Terra.

O astrofísico italiano Gianluca Masi, um dos líderes do projeto Telescópio Virtual, tirou a primeira foto do Long March 5B na quinta-feira (6). A imagem abaixo foi obtida graças a um dos telescópios robóticos instalados em Ceccano, na província de Frosinone, na Itália.

Neste outro registro, também divulgado pelo projeto Telescópio Virtual e feito em Roma, é possível ver o rastro dos fragmentos do foguete. O objeto mais brilhante visível é o planeta Júpiter.

Até mesmo no Brasil o foguete chinês foi avistado. O registro foi feito na estação do astrônomo amador Jocimar Justino, que fica no Planalto Norte de Santa Catarina, na noite da sexta-feira (7). Ele é integrante da Bramon (Rede Brasileira de Observação de Meteoros).

Um outro vídeo que está circulando no Twitter foi gravado na Jordânia. Segundo o autor das imagens, elas foram gravadas momentos antes da queda. Confira: