PUBLICIDADE
Topo

É assim que começa o Robocop? "Robô cão" é testado por polícia americana

Cão robô Spot em teste com a polícia - Reprodução
Cão robô Spot em teste com a polícia Imagem: Reprodução

De Tilt, em São Paulo

26/11/2019 13h43

Quem não se lembra do Robocop, personagem do cinema que vislumbrava um ciborgue como o policial do futuro? Pois a Polícia Estadual de Massachusetts (MSP) deu uma indicação de que uma das criações da empresa Boston Dynamics, o cão robô Spot, já pode desempenhar algumas funções típicas da profissão.

Logicamente ainda falta muito para se atingir a força e polivalência do Robocop, mas o robô quadrúpede já se envolveu em "dois incidentes em operações policiais" segundo documentos obtidos pela União Americana das Liberdades Civis de Massachusetts (ACLU) e publicados pela rádio WBUR.

Não foram informadas a complexidade das funções desempenhadas pelo Spot, mas estima-se que ele esteja sendo usado como um aparelho de observação remota.

"A tecnologia robótica é uma ferramenta valiosa para a polícia por causa de sua habilidade em clarear as situações de ambientes potencialmente perigosos", disse o porta-voz da polícia, David Procópio.

Antes dos testes como policial, o Spot já tinha feito sucesso nas redes sociais com um vídeo em que demonstra sua capacidade de abrir portas como um humano comum. O robô pesa cerca de 27 quilos e pode operar por cerca de 90 minutos com carga.

Segundo o vice-presidente da Boston Dynamics, Michael Perry, o Spot tem diferentes funções. "Nosso principal interesse agora é enviar o robô para situações nas quais você queira coletar informações sobre o ambiente, no qual ele seja muito perigoso para enviar alguém, mesmo que o robô não interaja fisicamente com o espaço", informa Perry.

Robô