Topo

App


App "aprende" choro de bebês pequenos, mas intuição dos pais ainda é válida

App Língua do Bebê, para Android - Reprodução
App Língua do Bebê, para Android Imagem: Reprodução

Erica Martin

Colaboração para Tilt

21/11/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Aplicativo Língua do Bebê (Android) ajuda a reconhecer e distinguir o choro
  • Com microfone do celular, sistema lê choro do bebê e associa a fome, cansaço ou irritação
  • Graças a sugestão do app, médico diagnosticou uma otite no bebê
  • Mesmo sendo útil, ele pode ser pago e não invalida experiência dos pais

Eu tenho um bebê de um ano e, com o decorrer do tempo, eu e meu marido aprendemos a interpretar melhor suas reações e a identificar o motivo do choro. Mas, ainda enfrentamos alguns momentos de sufoco. Embora nosso pequeno já fale algumas palavras, o vocabulário não é suficiente para desvendar todas as lágrimas.

Por isso, quando soube da existência do aplicativo Língua do Bebê (Android), que ajuda a reconhecer e distinguir o choro, considerei bastante útil e baixei no celular. Há algumas semanas, por exemplo, meu filho teve uma gripe forte, acompanhada de coriza e febre. Depois de alguns dias de medicamentos, ele parecia estar melhor: voltou a querer comer e a brincar.

Mas de uma hora para outra, começou uma choradeira sem fim. Fiquei muito preocupada e decidi testar o aplicativo, que, aliás, é bem simples de ser usado. Ao acionar o microfone, localizado na página inicial, o sistema faz a leitura do choro do bebê e associa, instantaneamente, a uma ou mais possibilidades - fome, arroto, cólica, cansaço ou irritação - que aparecem em formato de gráficos em barra.

No caso do meu filho, o arroto ficou mais evidente. Como duvidei do resultado (já que ele não é mais um recém-nascido, que precisa ser colocado em posição para arrotar depois das mamadas), decidi acionar o microfone novamente. Nas duas tentativas seguintes, o app apontou a irritação como o motivo principal, com isso, descartei o sono e a fome, e decidi ir para o hospital.

Lá o médico o diagnosticou uma otite - inflamação dos ouvidos. De certa forma, posso dizer que a ferramenta estava certa, quem já teve dor de ouvido sabe o quanto ela causa irritação e desconforto.

Em outra ocasião, enquanto tentávamos tirar uma colher das mãos do meu bebê, com receio dele cair e se machucar, eu e meu marido acionamos o app, que, desta vez, associou o choro estridente à fome. Porém, ele estava visivelmente irritado e tinha acabado de jantar. Uma evidência de que a tecnologia nem sempre acerta.

Por outro lado, o próprio aplicativo lembra que a precisão da ferramenta é melhor para bebês de até três meses e que seus resultados não devem ser usados como uma diretriz rigorosa. "Se tem alguma dúvida sobre a saúde do seu bebê, você deve entrar em contato com o seu médico. Este aplicativo não é destinado a tratamentos de saúde", diz um dos termos para uso da ferramenta.

Dicas e truques

O Língua do Bebê oferece outros caminhos que ajudam os pais e cuidadores a identificarem com mais precisão o motivo das lágrimas. Para cada tipo de choro, o aplicativo traz três abas sobre como prevenir, reconhecer e agir diante da situação. Ao clicar no item "Irritação", além de dicas para acalmar o bebê, há também uma lista dos sinais que ajudam a validar a razão do choro.

Quando meu filho adoeceu, por exemplo, a ferramenta dizia que uma criança irritada se move continuamente e não consegue ficar à vontade - justamente o comportamento do meu bebê naquele momento.

O sistema também disponibiliza áudios com diferentes tipos de choro para que os pais possam compará-los ao do seu bebê. Uma criança irritada emite sons de H, como He, Há, Hi, Hehe, por exemplo.

Ponderações

Mesmo sendo uma ferramenta útil na hora do sufoco, tenho algumas ponderações. Primeiro, é muito difícil lembrar de usar o aplicativo quando o bebê está aos prantos - e você tentando acalmá-lo. Pelo menos foi o meu caso.

Além disso, o item "Irritação" é bastante vago, já que um bebê pode ficar irritado por diversos motivos, inclusive por estar cansado ou com fome. Também é preciso lembrar que muitas informações que constam no aplicativo podem ser encontradas no Google e em vídeos do Youtube.

Outro ponto crucial é o custo. A versão teste, que é gratuita durante as primeiras 24 horas de uso, só permite acessar informações mais detalhadas caso o gráfico indique que o motivo do choro do bebê sejam as cólicas. Se o sistema apontar outra razão, é preciso desembolsar R$ 7,99 para ter acesso a dicas e recomendações.

Por fim, avalio o Língua do Bebê como uma ferramenta útil e ainda mais efetiva para bebês menores de três meses- fase em que os pais estão aprendendo a identificar as reações dos pequenos.

De qualquer forma, aconselho pais, familiares e educadores levarem em conta a própria intuição. Afinal, são eles que estão em contato com o bebê e podem identificar, com mais clareza, seus sinais visuais - recomendação, aliás, dada pelo próprio app.

SIGA TILT NAS REDES SOCIAIS

App