Topo

Projeto do computador quântico une algoritmo e IA para agir como cérebro

Tecnologia quântica substituiria o sistema binário usado na computação atualmente - Getty Images
Tecnologia quântica substituiria o sistema binário usado na computação atualmente Imagem: Getty Images

Rodrigo Lara

Colaboração para o UOL, em São Paulo

17/01/2019 04h00

Uma das grandes expectativas para os próximos anos no ramo da computação é a adoção dos chamados computadores quânticos. Tidos como a principal solução para superar as limitações atuais de desempenho, eles são um passo fundamental no avanço de tecnologias como inteligência artificial e aprendizado de máquina. 

É justamente nesse tipo de aplicação que o professor Michael Hartmann, da universidade britânica Heriot-Watt, tem investido. Ele lidera uma pesquisa que visa construir o primeiro computador dedicado a redes neurais, mesclando a computação quântica e o uso de algoritmos de inteligência artificial.

Uma rede neural é um algoritmo de aprendizado de máquina que se inspira no funcionamento de um cérebro, sendo capaz de aprender por meio de exemplos para lidar com situações inéditas.

Ao combinarmos esses dois ramos de computação, nós esperamos dar um passo significativo no sentido de criar uma inteligência artificial que opere em velocidades sem precedentes e que seja capaz de tomar decisões complexas em um intervalo de tempo muito pequeno

Hartmann, ao site acadêmico "The Conversation

Como o computador quântico vai solucionar problemões

Leia mais

Ainda de acordo com o professor, máquinas do tipo poderiam ajudar na criação de carros realmente autônomos ou, ainda, atuar em tarefas extremamente complexas, como coordenar o tráfego de veículos nas ruas de uma cidade inteira em tempo real.   

Hartmann, porém, salienta que ainda vai demorar para chegarmos nesse ponto. Para ele, utilizar essa tecnologia no seu potencial máximo envolve a criação de aparelhos grandes, um processo que levará dez anos ou mais, uma vez que cada detalhe técnicos precisa ser controlado com precisão para evitar erros computacionais. 

Mas, uma vez que mostrarmos que essas redes neurais quânticas podem ser mais poderosas em aplicações no mundo real do que as feitas com programas de inteligência artificial clássicos, elas rapidamente se tornariam a tecnologia mais importante do mundo

O que é um computador quântico?

Um computador quântico é, basicamente, a união entre a mecânica quântica e a computação como uma forma de "driblar" a limitação atual da melhoria de velocidade dos computadores. Para se ter uma ideia do quanto a tecnologia "tradicional" avançou, os principais processadores de fabricantes como Intel usam transístores que medem 14 nm --o vírus da gripe, por exemplo, tem entre 80 e 12 nm de diâmetro. 

A computação quântica visa mudar a forma como os processadores funcionam para compensar o seu limite de tamanho físico. Eles deixam de ter um funcionamento binário, isso é, o padrão "0 e 1" para fazer cálculos, e passam a usar bits quânticos, que se valem de partículas subatômicas capazes de atuarem além dos estados "0 e 1" --na verdade, elas têm infinitos estados entre esses dois limites.

Sendo assim, um processador com essa tecnologia poderia realizar um número muito maior de operações simultâneas do que os componentes atuais e superar a principal barreira de desempenho da computação atualmente.

O que é a computação quântica?

xgool9uozgad

Mais Inovação