PUBLICIDADE
Topo

Novo celular da Quantum faz selfies surpreendentes por menos de R$ 1.000

Bruna Souza Cruz

Do UOL, em São Paulo

24/05/2017 04h00Atualizada em 04/12/2017 14h09

Você é daquelas pessoas que adoram tirar uma selfie? Se a resposta for sim, o Quantum Muv Up pode ser um bom aparelho para você.

O celular é o primeiro modelo lançado pela empresa brasileira Quantum em 2017 e durante os testes do UOL Tecnologia surpreendeu pela câmera frontal de 13 MP. Para se ter uma ideia, as câmeras de selfie de aparelhos top de linha como iPhone 7 e Galaxy S8 têm 7 MP e 8 MP, respectivamente.

Vale lembrar que não são apenas os megapixels que possibilitam uma foto de qualidade, mas o Muv UP se saiu muito bem nos nossos testes.

Em geral, as fotos tiradas com a câmera frontal saíram bem nítidas e o recurso de detecção de rostos facilitou na hora do foco. Mesmo sem usar o flash, as fotos ficaram legais.

Veja abaixo uma comparação entre duas fotos tiradas com as câmeras frontal e principal. Note que a diferença entre uma e outra é mínima.

Foto com câmera do Quantum Muv UP - Bruna Souza Cruz/UOL - Bruna Souza Cruz/UOL
Imagem da esquerda foi feita com a câmera principal e a da direita com a câmera de selfie
Imagem: Bruna Souza Cruz/UOL

Foto selfie com câmera do Quantum Muv UP - Bruna Souza Cruz/UOL - Bruna Souza Cruz/UOL
Selfies tiradas com o Muv UP em ambiente fechado
Imagem: Bruna Souza Cruz/UOL

Câmera principal deixa a desejar

Pena que a câmera principal, que também conta com 13 MP, deixa a desejar. Em geral, as fotos tiradas em ambientes escuros ou com pessoas ou objetos em movimento não ficaram tão boas.

Notamos uma dificuldade da câmera de focar e estabilizar a imagem, principalmente quando existia uma mudança muito brusca de luz. O resultado foram fotos tremidas, borradas ou com a uma iluminação estranha. Isso pode atrapalhar quando você quiser tirar muitas fotos ao mesmo tempo. 

As duas câmeras possuem flash, o que facilitaria na hora de bater fotos em locais com baixa luminosidade. Mas ele só ajudou quando as fotos eram de pessoas ou objetos parados.

Foto diurna

Foto diurna com câmera do Quantum Muv UP - Bruna Souza Cruz/UOL - Bruna Souza Cruz/UOL
Imagem: Bruna Souza Cruz/UOL

Foto noturna

Foto noturna com câmera do Quantum Muv UP - Bruna Souza Cruz/UOL - Bruna Souza Cruz/UOL
Imagem: Bruna Souza Cruz/UOL

Foto num dia nublado

Foto nublada com câmera do Quantum Muv UP - Bruna Souza Cruz/UOL - Bruna Souza Cruz/UOL
Imagem: Bruna Souza Cruz/UOL

Em relação aos vídeos, as imagens são gravadas em Full HD, o que deixa a qualidade da imagem nítida e com cores vibrantes. 

Durante as gravações, o problema das fotos ocorreu em alguns momentos, mas o foco pareceu se ajustar mais rápido durante as filmagens. Em ambientes com boa luz, as imagens ficaram bem legais.

Quanto ao espaço de armazenamento, não precisa se preocupar. O celular tem 32 GB, mas permite o uso de um cartão de memória de até 128 GB.

Design bonito

O Muv Up tem tela de 5,5 polegadas e resolução HD (1280 x 720 pixels). Outros celulares do mesmo tamanho já são vendidos com resolução Full HD (1920 x 1080 pixels), o que deixa a qualidade da tela e as imagens numa condição superior.

No uso diário, a diferença não é tão grande, mas muitos usuários já reclamaram desse “atraso”. 

Um ponto legal do celular é o leitor digital, que fica na parte traseira. Ele serve para destravar o aparelho e se mostrou bem preciso. 

Um item que ficou na média foi o áudio. O alto-falante é baixo apesar do som limpo e sem ruídos. O celular vem junto com um fone de ouvido superfininho. Então talvez seja melhor comprar um mais resistente.

Bateria

A bateria deste modelo é considerada muito boa para um celular na categoria dos básicos. Ela tem 3.000 mAh e, durante os testes, durou quase um dia completo acessando as redes sociais (com Wi-Fi e 3G), jogando no celular, ouvindo música e tirando fotos.

Segundo a empresa, o celular tem capacidade para até 10h de navegação na internet e até 8h de vídeo rodando via Wi-Fi.

A bateria, no entanto, demora para recarregar: levou três horas para ir de 0% a 100%, sem qualquer uso.

O concorrente Moto G5, por exemplo, consegue ser recarregado em torno de duas horas.

E o desempenho?

Com um processador MediaTek MT6753 octa-core com velocidade máxima de 1,3 GHz e 3 GB de memória RAM, o Muv UP se saiu bem no desempenho geral.

Travou algumas vezes e demorou um pouco mais do que o normal para carregar jogos mais pesados, mas funcionou para navegar nas redes sociais, internet, tirar fotos e jogar alguns jogos mais leves. 

No teste que avalia a agilidade e eficiência do processador (feito por meio do aplicativo benchmark Greekbench 4), o Muv UP registrou 610 de desempenho médio em cada um de seus núcleos e 2.376 em relação aos múltiplos núcleos.

Na mesma categoria dos básicos, o Alcatel A3 XL marcou 470 e 1.225 pontos, respectivamente.

Já os modelos intermediários Moto G5 e o LG K10 registraram 616 e 2.527 pontos e 561 e 1.894 pontos, respectivamente.

Comprar ou não comprar?

No desempenho, o celular da Quantum está muito próximo dos intermediários e superou até o LG K10.

De modo geral, é um aparelho básico, bonito e funcional, com um grande atrativo: a câmera de selfie. E que custa oficialmente R$ 999 - mas já pode ser encontrado por menos em algumas lojas online.

Se você gosta muito de jogar pelo celular, a lentidão pode atrapalhar. Por menos de R$ 1.000, vale considerar o LG XPower (a partir de R$ 619); o LG K10 Novo (R$ 739); o ZenFone 3 Max (R$ 868); e o Moto G5 (R$ 849).

E por cerca de R$ 100 a mais (dependendo da loja), você consegue comprar também o Galaxy J7 Prime, um dos modelos mais novos que caíram nas graças dos brasileiros. O UOL testou o celular em fevereiro deste ano e alguns destaques foram a tela de 5,5 polegadas, os 3 GB de memória RAM e bateria de 3300 mAh.

*Consulta feita no Shopping UOL em 23 de maio de 2017. Os valores podem ser alterados sem aviso prévio.

*Veja errata

Ficha técnica: Quantum Muv UP

Tela: 5,5 polegadas (HD)
Sistema operacional: Android 7.0
Processador: MediaTek MT6753 octa-core (1,3 GHz)
Memórias: 32GB de armazenamento (expansível até 128 GB) e 3 GB de RAM
Câmeras: principal de 13 e frontal de 13 MP
Bateria: 3.000 mAh
Pontos positivos: sensor de digital preciso, design bonito
Pontos negativos: bateria demora para recarregar, câmera principal fraca e resolução de tela HD
Preço: R$ 999