PUBLICIDADE
Topo

Helton Simões Gomes

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

1ª treta do turismo espacial é sobre onde começa o espaço

Richard Branson em propaganda de sorteio para viajar para o espaço com a Virgin Galactic - Divulgação
Richard Branson em propaganda de sorteio para viajar para o espaço com a Virgin Galactic Imagem: Divulgação
Conteúdo exclusivo para assinantes
Helton Simões Gomes

Jornalista com mais de 10 anos de experiencia na cobertura de ciência e tecnologia, com passagens por Folha, Band e TV Globo. Vencedor do prêmio CNI de Jornalismo de 2013.

Colunista do UOL

18/07/2021 04h00

Dar um rolê no espaço e voltar para contar como foi é ainda um luxo, mas hoje em dia já não cheia a ficção científica. Tudo bem que passear fora da Terra é coisa pra gente bem rica. Tanto é que três bilionários disputam a tapa o posto de pioneiro.

No entanto, enquanto Jeff Bezos, fundador da Blue Origin, Richard Branson, da Virgin, e Elon Musk, da SpaceX, correm para estabelecer uma agência de turismo espacial, sem querer protagonizam um debate crucial para a ciência: onde "termina" a Terra e começa o espaço?

A era da viagem para fora do nosso planeta a passeio começou no último domingo, quando:

  • Branson e mais três pessoas voaram a bordo da nave VSS Unity por 50 minutos até atingir uma altitude de 85 quilômetros acima do nível do mar. Com isso...
  • ... Eles concluíram a primeira missão puramente turística ao espaço. Aí começam as controvérsias...
  • ... Só podemos considerar o feito um marco histórico se adotarmos a noção que os Estados Unidos possuem de onde começa o espaço sideral. Quer dizer que...
  • ... Para Nasa, Força Aérea e a Agência de Aviação civil americanas, passou de 80 km de altitude, o sujeito é um astronauta. Só que...
  • ... Isso não é consenso entre os terráqueos, já que boa parte da comunidade internacional assume que espaço mesmo é para além da linha de Kármán. É por isso que...
  • ... Bezos está tirando onda. Com viagem marcada para 20 de julho, o dono da Blue Origin promete que sua aeronave, a New Shepard, vai além dessa marca. Acontece que...
  • ... Essa fronteira, estabelecida a 100 km de altitude, é puramente uma convenção. Isso por que...
  • ... O cientista homenageado por ela, o físico Theodore von Kármán, estipulou que espaço é onde as forças da dinâmica orbital influenciam mais um corpo do que as da aerodinâmica. Nessa onda...
  • ... O jurista norte-americano Andrew Haley, pioneiro em direito espacial, tascou que essa seria a Linha Jurisdicional de Kármán. Depois disso...
  • ... Um comitê sugeriu à FAI (Federação Internacional de Aeronáutica) que adotasse a ideia, e foi o que rolou.

Saber onde começa o espaço não é papo de astrofísico. Essa definição é importante também para advogados. Acontece que, dentro da Terra, valem regras aeronáuticas, mas, fora do planeta, valem as normas aeroespaciais.

Isso também tem a ver com soberania. Um país controla e vigia seu espaço aéreo até a altitude em que o espaço começa. Não à toa, essa disputa sobre a última fronteira começou nos anos 1950 em meio à Guerra Fria, quando EUA e União Soviética embarcavam na corrida espacial.

Naquela época, os americanos queriam adotar para o espaço a mesma ideia das águas internacionais. Ou seja, fora do ambiente aéreo nacional de um país, outras nações poderiam conduzir missões espaciais de paz. Suspeitando que isso era conversa para boi dormir e logo seu céu estaria infestado de satélites espiões, os soviéticos pressionavam para o espaço começar mais alto.

A rigor, a briga entre Bezos e Branson faz bem pouco sentido. O astrofísico Jonathan McDowell, do Centro de Harvard-Smithsonian de Astrofísica, usou as definições de Kármán para calcular onde o espaço começaria. Chegou à conclusão que, dependendo das condições climáticas, seu início pode variar entre 70 km e 90 km.

Só que outra forma de entender o espaço é encará-lo como a região acima da atmosfera, aquela camada de gases que envolve a Terra. E esse invólucro não acaba, só fica mais fino e vai da estratosfera (de 15 km a 50 km e onde circulam os jatos) até a termosfera (de 85 km a 600 km de altitude, e onde a radiação solar é retida).

Desse ponto de vista, Bezos e Branson terão que comer muito arroz e feijão antes de poder encher a boca para dizer que estão vendendo passagens aeroespaciais. O consolo é que, por essa ótica, a Estação Espacial Internacional teria de mudar de nome para Estação Terráquea Internacional. Afinal, ela está a uma altitude que varia de 330 km e 440 km da Terra.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL