PUBLICIDADE

Topo

Yakuza: Like a Dragon - 9 dicas essenciais para iniciantes e veteranos

Yakuza: Like a Dragon - Divulgação
Yakuza: Like a Dragon Imagem: Divulgação

Daniel Esdras

Do GameHall

11/01/2021 04h00

Yakuza: Like a Dragon é o sétimo capítulo da série japonesa sobre a máfia local. Dessa vez há mudanças significativas na saga, com um novo protagonista, mais elementos de RPG e um sistema de combate inédito para a franquia, agora por turnos.

Como em todos os jogos da franquia, há muita coisa para se fazer pelo mapa, muitas armas e itens para coletar e um conteúdo bem difícil de "endgame". Para se preparar para tudo isso, separamos algumas dicas que achamos essenciais para serem seguidas.

Libere os Táxis

Yakuza Like a Dragon 1 - Daniel Esdras/GameHall - Daniel Esdras/GameHall
Imagem: Daniel Esdras/GameHall

Andar por Yokohama pode ser bem cansativo para o Ichiban e a sua trupe. O mapa é bem extenso para as idas e vindas das missões e sempre há inimigos pelo caminho, alguns mais fortes do que você gostaria.

Para facilitar a locomoção, há taxis espalhados por toda a cidade, que funcionam como uma espécie de viagem rápida, padrão de outros jogos. Por apenas pouco mais de 700 yens você economiza muito tempo e até completa alguns desafios que são liberados mais tarde.

O segredo aqui é que esses taxis não podem viajar para uma região que você não visitou, aliás, não deixam você viajar sequer para uma que já visitou se não liberou os taxis do local. Para isso, é preciso interagir com o taxi pelo menos uma vez, criando o novo ponto de viagem.

Assim que chegar em uma nova região, procure os taxis e libere os pontos de viagem logo para facilitar a vida.

Converse com o seu grupo

Yakuza Like a Dragon Bar - Daniel Esdras/GameHall - Daniel Esdras/GameHall
Imagem: Daniel Esdras/GameHall

Há um sistema de interação com o grupo muito interessante no Yakuza: Like a Dragon. Depois de um certo tempo jogando, será possível criar intimidade com os personagens que andam com você.

Após cada combate, minigame, ou mesmo um jantar casual em equipe, você ganhará pontos de intimidade com eles, mostrados em uma barra com um coração.

Assim que essa barra for completada, significa que você ganhou um nível de intimidade. Para passar ele, é possível sentar com o personagem em questão em um bar e descobrir um pouco mais sobre vida dele ou dela. Do ponto de vista do gameplay, sempre que o nível de intimidade avança esse personagem ganha a capacidade de ter mais experiência quando está fora do grupo, na reserva.

Pode não parecer, mas isso é importantíssimo para o endgame, já que, na última dungeon, é preciso ter o máximo de personagens no nível mais alto possível.

Com o nível de intimidade alto, o personagem pode receber até 100% da experiência do combate, mesmo estando na reserva. O que você precisa se atentar é que assim que a barrinha fica completa, não dá mais para ganhar pontos de intimidade sem ir ao bar e ouvir a história que o personagem quer te contar. Faça isso sempre para progredir de forma tranquila e não ter que tentar fazer tudo loucamente lá pelo capítulo 10.

Guarde recursos para "crafting"

Yakuza Like a Dragon Menu - Daniel Esdras/GameHall - Daniel Esdras/GameHall
Imagem: Daniel Esdras/GameHall

Como um bom RPG, Yakuza: Like a Dragon possui um sistema bem robusto de craft e melhoria de armas. A partir do capítulo cinco será possível utilizá-lo e melhorar o seu equipamento. No entanto, recomendamos esperar um pouco antes de gastar todos os seus recursos.

Muitas das coisas que você encontra pela aventura não são fáceis de conseguir e há várias armas e armaduras que só vão ser liberadas mais para frente. Como há várias lojas locais que vendem bons equipamentos que bastam para a história, o ideal é guardar os recursos para os capítulos mais avançados e conteúdo final do jogo.

Um exemplo que posso dar aqui sem spoiler é que cada classe possui armas que podem ser elevadas em níveis maiores que as outras no endgame. O primeiro bastão do Ichiban, por exemplo, pode se transformar em uma das armas mais poderosas do jogo para a classe Hero, gastando muitos recursos nela.

Existem exemplos assim para todos os personagens. Por isso segure a vontade de sair melhorando todos os itens e só gaste os materiais quando tiver certeza do que vai valer a pena e não ser trocado algumas horinhas adiante.

Guarde dinheiro no banco

Yakuza Like a Dragon Atm - Daniel Esdras/GameHall - Daniel Esdras/GameHall
Imagem: Daniel Esdras/GameHall

O sistema de morte do Yakuza: Like a Dragon não é o convencional "Game Over" que estamos acostumados. Quando seu grupo inteiro é derrotado em batalha, você volta ao mesmo local com um de vida e apenas metade do dinheiro.

Para evitar esse prejuízo enorme por conta de um descuido, você precisa guardar o seu dinheiro em um caixa rápido. Lá ele fica seguro até que você precise. Os caixas rápidos estão espalhados por todas as lojas de conveniência da cidade.

Não fique preso em uma classe

Yakuza Like a Dragon Menu 2 - Daniel Esdras/GameHall - Daniel Esdras/GameHall
Imagem: Daniel Esdras/GameHall

Há uma diversidade enorme de classes disponíveis no jogo para cada personagem. Algumas são exclusivas, outras podem ser usadas para vários deles.

A tendência do jogador é escolher uma única classe e manter ela até o final, mas isso é um erro.

Cada classe possui o seu próprio nível e cada vez que ele sobe novas habilidades, passivas e ativas, são aprendidas. Algumas delas carregam até mesmo para outras classes, deixando o seu personagem bem mais forte no final.

Para ver a árvore de habilidades do seu personagem, vá até o menu de classes e pressione Y/Triângulo. As habilidades em verde são exclusivas dessa classe e só podem ser utilizadas enquanto se está nela, já as habilidades em vermelho são carregadas para outras classes.

A troca de classes vai ser liberada no capítulo cinco, e basta você ir até a Hello Jobs para trocá-la sempre que quiser.

Procure cofres e maletas

Yakuza Like a Dragon 2 - Daniel Esdras/GameHall - Daniel Esdras/GameHall
Imagem: Daniel Esdras/GameHall

Explorar Yokohama garante muitas recompensas no game. Uma delas é a possibilidade de abrir cofres secretos. Há duas cores para eles, prata e dourada.

Para abrir cada um deles é preciso de uma chave, que você consegue ao avançar na campanha e fazer missões secundárias. Alguns itens conseguidos por elas são muito bons.

Há também maletas espalhadas por aí que rendem itens úteis, principalmente consumíveis. Fique de olho nelas.

Faça jantares cinco estrelas

Yakuza Like a Dragon Jantar - Daniel Esdras/GameHall - Daniel Esdras/GameHall
Imagem: Daniel Esdras/GameHall

É possível comer em diversos locais espalhados pela cidade, cada restaurante com a sua especialidade. No menu, é possível fazer combinações de pratos que garantem bônus interessantes. Um exemplo é aumentar a quantidade de experiência que você ganha por combate.

Quais as combinações corretas para cada efeito o jogo não conta de cara. É preciso ir testando e vendo os resultados. Além disso, é uma boa forma de recuperar vida e mana após alguns combates e antes de encarar um chefe.

Side Stories aumentam atributos pessoais

Yakuza Like a Dragon Rua - Daniel Esdras/GameHall - Daniel Esdras/GameHall
Imagem: Daniel Esdras/GameHall

A dica de fazer as Side Stories é uma obviedade apenas pela qualidade delas. É um marco da franquia o quão bem feitas as quests secundárias são. Se esse não é motivo suficiente, saiba que aqui elas melhoram atributos pessoais do Ichiban, essenciais para trocar de classe e abrir algumas coisas extras na campanha.

Durante cada aventura secundária, Ichiban vai ter que tomar uma decisão em algum momento, dependo do que escolher, ganhará pontos em algum desses atributos pessoais, que aqui se parecem com o que você espera da série Persona: Carisma, confiança, inteligência, etc.

Esses atributos também servem para algumas habilidades, que melhoram dependendo do nível dela. Então faça todas as Side Stories que o jogo oferecer para deixar seu personagem forte.

No capítulo 5 eleve seu comércio ao ranking 100

Yakuza Like a Dragon Report - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Mais uma vez o capítulo 5. Aqui é onde todo o menu será liberado para você, inclusive a opção de gerenciar o seu próprio negócio. A dica aqui é chegar o mais rápido, se possível no mesmo momento em que a opção for liberada, até o ranking de número 100 na bolsa de valores. É um minigame um pouco complexo, mas que com alguns minutos você vai dominar e começar evoluir.

Chegar no nível 100 vai liberar um personagem extra para a sua party que você pode melhorar de nível e faz muito bem nos combates (inclusive clique aqui para saber mais especificamente sobre os combates).

Além disso, fará com que seu dinheiro aumente bastante, o que dá uma folga boa para comprar os melhores equipamentos disponíveis no mercado.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol