PUBLICIDADE

Topo

"Morro de medo de assistir terror", diz atriz que interpreta Jill Valentine

Nicole Tompkins fez voz e captura de movimentos de Jill no remake de Resident Evil 3 - Divulgação
Nicole Tompkins fez voz e captura de movimentos de Jill no remake de Resident Evil 3 Imagem: Divulgação

Makson Lima

Colaboração para o START

24/04/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Atriz texana Nicole Tompkins falou sobre os bastidores de Resident Evil 3 Remake
  • "Jill sofre um bocado e é um papel bastante exigente fisicamente", afirma ela
  • O filme Antrum e a série American Horror Story também estão no currículo de Tompkins

Uma das mais icônicas personagens dos videogames, Jill Valentine já teve a sua parcela de faces e vozes, até mesmo nos cinemas - Sienna Guillory foi a melhor parte do filme Resident Evil 2: Apocalipse. No entanto, a mais famosa delas talvez seja a da atriz canadense Julia Voth, vista no remake de 2002. E como esquecer Inezh, a Jill em FMV do clássico?

A reformulação de Resident Evil 3 conta com uma Jill igualmente reformulada, surgida da união da modelo russa Sasha Zotova e da atriz texana Nicole Tompkins, que emprestou sua voz a personagem, como também foi responsável por todo processo de captura de movimentos, dando plasticidade tridimensional a ensandecida fuga da ex-S.T.A.R.S. de uma Raccoon City condenada.

Divulgação
Imagem: Divulgação

"Tem sido uma recepção incrivelmente calorosa à família Resident Evil e estou muito feliz por estar aqui" conta Nicole Tompkins em entrevista concedida ao START. "Antes de ser escalada como Jill, estava familiarizada com a série, pois é bastante icônica até mesmo para quem não está! Porque eu jogo e tenho atuado na indústria de videogames há vários anos, também estava familiarizada com os jogos e o quanto eles significam para tantas pessoas!"

Para Nicole, ser associada a Jill Valentine tem sido um sonho realizado. "Como não seria! Jill é uma personagem tão icônica e significa muito para tantas pessoas diferentes. Fiquei incrivelmente grata em trazê-la para 2020 e dar vida a essa iteração de sua história!"

Jill sofre um bocado e é um papel bastante exigente fisicamente, mas eu estava pronta para o desafio e cercada por uma equipe incrível

O entusiasmo e empolgação de Nicole são bem perceptíveis quando jogamos, pois Jill é intensa em cada momento, totalmente condizente com as provações atiradas sobre ela a todo momento. "Eu tinha uma visão compartilhada de como seria a Jill e como seriam seus maneirismos, e fui bem guiada por um fantástico diretor de cinema, Steve Kniebihly, ao lado de um elenco incrivelmente talentoso! Há tantas pessoas talentosas envolvidas em dar vida aos seus jogos favoritos e todo mundo estava empolgado por estar lá e comprometido em dar o melhor de si", conta Nicole.

A entrevista completa você confere logo abaixo, incluindo uma participação tão hilária quanto importante de Jill num vídeo do arquirrival Albert Wesker. Ou seria D.C. Douglas?

START: Você é amiga do D.C. Douglas, certo? Sua participação no vídeo de precauções contra a pandemia foi incrível!

Nicole Tompkins: Ha! Eu sou! Ele é um cara legal! Ele acabou de me enviar uma mensagem e, como ele é um amigo, eu disse "claro!" e enviei o arquivo de áudio.

START: Sem relação com Resident Evil: como foi atuar em Antrum? E American Horror Story? Imagino que você goste muito de terror!

Nicole Tompkins: Antrum foi um processo de filmagem muito envolvente com alguns diretores incrivelmente talentosos: David Amito e Michael Lacini. Foi muito gratificante ver tantas pessoas gostando das emoções e pavor que Antrum cria! É um filme especial e único e tenho orgulho de ter feito parte dele! American Horror Story foi uma explosão, já que qualquer oportunidade de entrar em um programa favorito dos fãs, especialmente um tão estranho e único quanto AHS, é emocionante. Trabalhei com talentos como Wes Bentley e Chloe Sevingey e aproveitei cada segundo! Surpreendentemente, morro de medo de assistir terror! Eu acho que o psicoterror e a tensão criados nos personagens em cenários de realidade elevada são realmente o que me atrai até eles. E a chance de interpretar uma badass como Jill exige que você se concentre mais em seu compromisso de sobreviver, em seu treinamento e paixão quando se trata de concluir sua missão!

Divulgação
Imagem: Divulgação

START: Quais foram as maiores dificuldades em todo o processo? Não deve ter sido nada fácil.

Nicole Tompkins: Obviamente, Jill sofre um bocado e é um papel bastante exigente fisicamente, mas eu estava pronta para o desafio e cercada por uma equipe incrível, unida para fazê-la parecer tão incrível quanto realmente é! Trabalhamos dentro e fora do jogo há alguns anos e eu sei que todos nós estamos muito animados em finalmente poder compartilhá-lo com os fãs e o mundo.

START: No seu Twitter, você compartilhou muitos vídeos de sua atuação em Resident Evil, do processo de mocap. Tem alguma história para compartilhar?

Nicole Tompkins: Adoro postar cenas de bastidores e compartilhar com os fãs esses momentos divertidos! Venha me encontrar nas mídias sociais: @nikileetompkins. É tão maravilhoso interagir com todos lá! Quanto aos momentos favoritos, há muitos, mas um destaque foi trabalhar com uma empresa como a Capcom e começar a filmar no Japão (país, cultura e culinária, eu absolutamente adoro!)

START: Você se identificou com Jill de alguma forma? Houve um nível mais profundo de envolvimento?

Nicole Tompkins: Acho que a resiliência e a disposição de Jill em nunca desistir são louváveis. Ela não para, por mais maltratada que seja, e está comprometida em fazer o que deve. Essa força é incrivelmente admirável e não há nada como viver na pele de uma durona e também ter a oportunidade de mostrá-la em vários cenários, muitos dos quais revelam sua vulnerabilidade e humor!

START: Seja sincera: Nemesis te causou pesadelos? Você ainda ouve "STAAARS" ecoando naquelas noites frias?

Nicole Tompkins: Haha! Nemesis foi interpretado pelo meu querido amigo Neil Newbon (que também interpretou Nicholai) e eu NÃO posso deixá-lo me ouvir admitindo que ele conseguiu entrar nos meus sonhos! Isso não teria fim!

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol