PUBLICIDADE

Topo

Sucesso de Call of Duty eleva previsão de receita da Activision para 2020

Call of Duty: Warzone - Reprodução
Call of Duty: Warzone Imagem: Reprodução

Supantha Mukherjee, Ayanti Bera e Neha Malara

06/05/2020 14h08

Milhões de pessoas presas dentro de casa recorreram a videogames como o "Call of Duty" da Activision Blizzard para matar o tédio nos últimos dois meses, incentivando a empresa a elevar sua previsão de receita para o ano.

A Activision também disse que está a caminho de entregar o próximo lançamento da franquia "Call of Duty".

As vendas de videogame nos Estados Unidos aumentaram nos últimos dois meses quando o coronavírus fechou o país, com as vendas em março atingindo o nível mais alto em mais de uma década.

"Call of Duty: Modern Warfare" é o jogo mais vendido deste ano até agora, de acordo com dados da empresa de pesquisa NPD. A empresa também lançou o modo battle-royale gratuito chamado "Call of Duty: Warzone", em março, que, segundo ela, já havia registrado mais de 60 milhões de jogadores.

A Activision vem buscando aumentar o envolvimento do usuário em seus títulos mais dispendiosos, oferecendo conteúdo gratuito, como novos mapas, na esperança de elevar as vendas.

Em alguns mercados como Índia, América Latina e Europa Oriental - onde os consoles são caros para a maioria - a versão móvel do "Call of Duty" está crescendo rapidamente, disse o presidente-executivo Bobby Kotick à Reuters.

A unidade de jogos para celular da empresa - a King, que também desenvolve "Candy Crush" - registrou 273 milhões de usuários médios mensais no trimestre, ante 249 milhões no quarto trimestre do ano passado.

A Activision elevou sua previsão de receita ajustada para 2020, de US$ 6,73 bilhões para US$ 6,9 bilhões, pouco acima da estimativa de analistas de US$ 6,86 bilhões, segundo dados da Refinitiv.

A empresa também prevê lucro ajustado para o ano de US$ 2,62 por ação, superando a estimativa média de US$ 2,48.

A empresa, por trás de franquias populares como "Diablo" e "World of Warcraft", registrou receita total ajustada de US$ 1,52 bilhão no primeiro trimestre. Analistas esperavam, em média, receita de US$ 1,32 bilhão.

O lucro líquido trimestral da empresa aumentou para US$ 505 milhões, ou US$ 0,65 por ação, ante US$ 447 milhões ou US$ 0,58 por ação, um ano antes.

Excluindo itens, a empresa lucrou US$ 0,76 por ação, o dobro da estimativa de analistas, de US$ 0,38.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol