Quatro membros do BTS começarão serviço militar na Coreia do Sul em meados de dezembro

SEUL (Reuters) - Os quatro membros restantes do grupo de K-pop BTS começarão seu serviço militar em meados de dezembro, juntando-se aos três que já estão servindo, informou a agência de notícias sul-coreana Yonhap nesta quarta-feira, citando fontes do setor musical.

O grupo de sete integrantes está em uma pausa temporária enquanto cumprem o serviço militar obrigatório da Coreia do Sul.

A Coreia do Sul tem um dos maiores exércitos ativos do mundo para se defender da Coreia do Norte, com todos os homens aptos entre 18 e 28 anos de idade obrigados a servir entre 18 e 21 meses.

No entanto, houve um debate público sobre se os membros do BTS deveriam receber isenções, considerando suas contribuições para o lucrativo setor de K-pop.

O rapper e líder do grupo RM e o vocalista V se alistarão em 11 de dezembro, enquanto Jimin e Jung Kook seguirão o exemplo no dia seguinte, informou a Yonhap.

Após treinamento inicial, os quatro servirão como soldados ativos do exército por 18 meses, de acordo com outra reportagem do meio de comunicação de entretenimento Star News.

A agência de gerenciamento do BTS, HYBE, que disse que os quatro haviam começado o processo de alistamento, não respondeu imediatamente a um pedido de comentário. Neste mês, Jung Kook anunciou em um blog que serviria às Forças Armadas em dezembro.

Jin, de 30 anos, o membro mais velho do grupo, deve ser dispensado do serviço militar em junho.

(Reportagem de Hyunsu Yim e Ju-min Park)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora