PUBLICIDADE
Topo

Ricardo Feltrin

Elenco do "Encrenca" deixa RedeTV após 7 anos e 370 programas

Ângelo Campos, Ricardinho Mendonça, Tatola Godas e Dennys Motta, do "Encrenca" - Reprodução / Internet
Ângelo Campos, Ricardinho Mendonça, Tatola Godas e Dennys Motta, do "Encrenca" Imagem: Reprodução / Internet
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

20/09/2021 21h15

Mais uma "baixa" na TV brasileira. Especificamente para a RedeTV.

A emissora de Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho acaba de perder os integrantes de seu programa de maior audiência e faturamento: o elenco fundador do "Encrenca" aparecerá no ar pela última vez no próximo domingo.

A decisão de sair ocorreu duas semanas atrás e vinha sendo mantida sob (relativo) sigilo até hoje, quando Tatola Godas, 58, espécie de líder da trupe, fez o anúncio durante o programa "Quem Não Faz Toma", na 89 FM, que todos também apresentam de segunda a sexta.

"A gente tentou manter em sigilo, mas dentro da RedeTV todo mundo já sabia e ficava perguntando: E aí, quando é o último programa", disse Tatola à coluna nesta segunda (20).

O contrato com o grupo vencia apenas no dia 6 de abril de 2022, mas, em comum acordo com a RedeTV, ficou decidido rescindi-lo agora.

Foram sete anos na emissora e estimados 369 programas até ontem, segundo Tatola. O de domingo será o nº 370.

RedeTV quer manter programa

Apesar de o elenco original sair, os planos da RedeTV são manter o programa com outros integrantes. Ainda não foram definidos nomes, mas tudo indica que a direção da emissora já está atrás de substitutos.

Bom e barato

O "Encrenca" chegava a dar seis pontos de média na Grande São Paulo e muitas vezes chegou até a brigar pela vice-liderança, contra Record e SBT.

Criativo, de baixíssimo custo, voltado a toda família, o programa tem direção de Ricardo de Barros (ex-superintendente da RedeTV) e é baseada em vídeos de whatsapp —boa parte deles pouco divulgados. Barros vai decidir seu futuro (ou não) com a RedeTV nos próximos dias.

Segundo Tatola, todos os integrantes (ele, Ricardinho Mendonça, Dennys Motta e Ângelo Campos) estavam infelizes. "Perdemos o encanto com o que estávamos fazendo", diz.

Além disso, segundo a coluna apurou, todos também estavam recebendo apenas 50% do cachê combinado em contrato desde o ano passado, sob a justificativa da pandemia.

"Não foi dinheiro que nos fez tomar uma decisão, pode apostar. Nós realmente não nos víamos mais na emissora agora. Quem sabe no futuro", especula Tatola.

Publicada primeiramente pelo colunista Flavio Ricco, do portal R7, a notícia está causando reações nas redes sociais. Muitas pessoas estão inconsoláveis. Afinal, trata-se de um dos programas com público mais fiel na TV brasileira.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops