Bradley Cooper diz que ‘não sabe se estaria vivo’ se não fosse pela filha

o ator Bradley Cooper disse que: "não sabe se estaria vivo" se não fosse pela filha. Pai de Lea, de seis anos, o ator falou sobre as mudanças em sua vida após o nascimento da filha.

Durante o podcast Armchair Expert With Dax Shepard, ele disse que aprendeu que a filha é mais importante que ele. "Seu DNA vai lhe dizer que há alguém mais importante que você", explicou, alegando que essa percepção mudou seu jeito de levar a vida.

O ator, que concorre ao Oscar de melhor ator pelo filme Maestro, ainda confidenciou que se sentiu confuso nos primeiros meses de vida de Lea. "Eu pensava: Nem sei se realmente amo a criança. É demais. É legal. Estou vendo essa coisa se transformar. De repente, não havia mais dúvidas", explicou.

Sem bebidas alcoólicas há quase 20 anos, Cooper também afirmou que ser pai só aumentou a sua vontade de lutar contra o vício. Ele disse que tem "muita sorte" por ter conseguido vencer o alcoolismo.

"Eu queria causar o mínimo de dano que pudesse causar à minha filha", explicou o ator.

Lea é fruto do relacionamento de Bradley Cooper com Irina Shayk. Os dois namoraram de 2015 a 2019.

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais