Morre, aos 33 anos, Linearwave, DJ e um dos maiores produtores de Lo-fi do mundo

O artista Yuri Bastos, conhecido como Linearwave, um dos maiores produtores do gênero Lo-fi do mundo, morreu nesta quarta-feira, 6, aos 33 anos. A morte foi confirmada pela assessoria que gerenciava a carreira do DJ por meio de uma publicação nas redes sociais. Ele estava internado no Hospital Santa Catarina, em São Paulo, e morreu em decorrência de um câncer no pulmão.

Conforme a nota divulgada pela assessoria, Yuri estudou Composição Musical na Escola de Música do Estado de São Paulo (Emesp) e, no início da carreira, tinha o sonho de trabalhar em uma orquestra. O projeto Linearwave foi criado por ele em 2018. Segundo a equipe, o artista se tornou o maior produtor de Lo-fi da América Latina e um dos maiores do mundo.

Com mais de 1 milhão de ouvintes mensais no Spotify, ele criava músicas com referências de gêneros como bossa nova, música eletrônica, hip-hop e ambient music. A nota acrescenta que, com as canções, Yuri buscava "levar o ouvinte para um momento de paz, em que fosse possível esquecer a loucura do mundo contemporâneo e relaxar por alguns minutos".

O lo-fi se popularizou, principalmente, durante a pandemia e é conhecido como um gênero utilizado para auxiliar a concentração e o controle da ansiedade. O termo tem origem na expressão low fidelity (baixa fidelidade, em português) e as músicas são criadas por artistas independentes e disponibilizadas na internet.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora