Preta Gil diz que pediu divórcio do ex-marido em cama de UTI

Preta Gil voltou a comentar sobre a separação conturbada com seu ex-marido, Rodrigo Godoy, durante participação na série Angélica 50 & Tanto, do Globoplay. A artista descobriu uma traição enquanto tratava um tumor maligno no intestino. O Estadão tentou contato com ele, mas não teve resposta.

A artista decidiu pelo divórcio após ser internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com septicemia. Ela começou a se cuidar imediatamente ao receber o diagnóstico de câncer no começo deste ano - e disse que a crise no casamento ficou "estancada momentaneamente" ao saber sobre a doença.

"Fui pega de surpresa no meio do tratamento oncológico porque tive uma septicemia. Quando voltei e comecei a me sentir melhor, olhei para um lado e para outro e me vi diante da crise do meu casamento", falou Preta.

"Contrariando a tudo e a todos, eu resolvi me separar do meu marido em uma cama de UTI. Falei: ‘Eu não mereço, eu quase morri. Não posso deixar um homem voltar para a minha vida e continuar me tratando do jeito que ele estava me tratando’. Foi um combo desesperador", completou ela.

Angélica ainda relembrou, como amiga, da época do divórcio e diagnóstico de câncer de Preta Gil. "Nós, seus amigos, quem estava em volta, sabendo de algumas coisas que você nem estava sabendo porque não podia, era desesperador também. Queríamos ver você bem e, ao mesmo tempo, queríamos que você abrisse os olhos para algumas coisas", disse a apresentadora.

O Estadão tentou contato com Rodrigo Godoy para saber se ele teria algum posicionamento sobre as declarações da ex-mulher, mas não teve retorno até o momento desta publicação. O espaço segue aberto.

Relembre o caso

Depois de oito anos juntos, boatos sobre o fim da relação entre Preta Gil e Rodrigo surgiram em abril, quando ele foi fotografado abraçado com a stylist da cantora. A separação foi oficializada em maio e, no fim do mesmo mês, a cantora confirmou que foi traída por meio de um texto reflexivo nas redes sociais.

Na época, ela escreveu: "Não me permito mais não aproveitar a vida. A dor da decepção da traição não pode me paralisar". Desta vez, a filha de Gilberto Gil revelou que ignorou evidências da traição e não deu atenção ao seu sexto sentido por um tempo.

"Sim, eu coloquei uma pessoa para trabalhar dentro da minha casa, que, com sua dissimulação e mau-caratismo, fez o que fez. E olha que teve gente que me alertou e eu ainda disse que ela estava louca. A moral da história é: se tivesse seguido minha intuição, eles não teriam me ferido tanto", afirmou.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora