Atriz espanhola Concha Velasco morre aos 84 anos

A atriz espanhola Concha Velasco, uma das mais conceituadas do seu país, presente em mais de meio século no cinema, teatro e na televisão, morreu neste sábado (2) aos 84 anos, em Madri, informaram os seus filhos.

"Lamentamos informar que nossa mãe, Concha Velasco, faleceu hoje, sábado, 2" de dezembro, "em consequência de uma complicação de sua doença", a família anunciou em comunicado.

Segundo a imprensa espanhola, a capela-ardente da atriz, que sofreu de linfoma e outros problemas de saúde que, há dois anos, a afastaram dos palcos, será aberta ao público neste sábado em um teatro de Madri.

Velasco estreou no cinema em meados da década de 1950 e tornou-se, na década de 1960, um dos rostos mais felizes e apreciados da comédia do cinema espanhol, após duas décadas sombrias de pós-guerra civil e sob os limites impostos pela censura de Franco.

A atriz participou de mais de 80 filmes, dezenas de produções teatrais, e fez sucesso musical com a música "Chica ye ye", interpretada no filme "Historias de La Television" (1965).

O presidente Pedro Sánchez reagiu à notícia, e descreveu Velasco como "grande entre as grandes", na rede social X, antigo Twitter.  

"Uma das artistas espanholas mais carismáticas. Com sua morte, se vai um mito da cultura espanhola", acrescentou.

Velasco tem sido uma das atrizes "que teve maior sucesso popular e melhor recepção pela crítica", disse o presidente da Academia de Cinema da Espanha, Fernando Méndez-Leite, à televisão estatal TVE.

al/jvb/ms/jc

Continua após a publicidade

© Agence France-Presse

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes