Conteúdo publicado há 20 dias

Kate Hudson diz que ficou um ano sem namorar por recomendação de analista

Kate Hudson, 45, contou ter ficado um ano sem namorar por recomendação de seu analista.

O que aconteceu

A atriz contou, em sua participação no podcast 'Call Her Daddy', que foi proibida inclusive de flertar para poder se dedicar mais tempo a si mesma.

Foi ótimo: "Eu fiquei, tipo, 'oi?'. Eu não podia nem flertar, nada. Mas foi ótimo".

Restrições: "Eu podia conversar [com homens], mas não podia dar o meu telefone. Então, tipo, eles perguntavam, 'posso pegar seu número?'. E eu, tipo, 'sabe, não, ainda não'".

Kate é mãe de Ryder, 20, Bingham, 12 e Rani, 5. O primogênito é fruto do relacionamento da atriz com o músico Chris Robinson, vocalista do conjunto The Black Crowes.

O filho do meio nasceu do namoro dela com o músico Matt Bellamy, do conjunto Muse.

A caçula é do atual noivado dela, com o músico Danny Fujikawa.

Na entrevista ao podcast, Hudson celebrou o período sabático: "Me permitiu ver as coisas com muito mais clareza".

Liberação médica: "Um ano depois, ele [o terapeuta] falou, 'ok, acho que você já pode voltar a flertar. E eu, 'como assim? Posso flertar?'. E ele, 'sim!'. Aí, 'como assim? Como faço isso? Eu esqueci'".

Continua após a publicidade

Noiva: "Se eu não tivesse passado por isso, não teria ficado com o Danny, porque o Danny é um cara tão legal e não sei se eu era atraída por caras legais".

Kate Hudson e Danny Fujikawa começaram a namorar em 2016 e ficaram noivos em setembro de 2021.

Deixe seu comentário

Só para assinantes