Conteúdo publicado há 1 mês

Príncipe William e Kate planejam construir 'casa secreta' em terreno real

Príncipe William, 41, e Kate Middleton, 42, desejam transformar um espaço "abandonado" em um terreno da realeza para a estadia da princesa em seu tratamento contra um câncer.

O que aconteceu

O casal de herdeiros reais e seus filhos, George, 10, Charlotte, 8, e Louis, 5, sentem que Adelaide Cottage, a casa de campo de quatro quartos onde estão vivendo, não tem espaço suficiente para a família. Por isso, planejam reativar um "anexo de tijolos vermelhos desconhecido" no mesmo terreno.

"Ninguém sabe que há um edifício anexo de tijolos vermelhos bastante espaçoso que não está sendo usado ao lado de Adelaide Cottage. É habitável e precisa de extensas obras de renovação para ser usado", afirmou uma fonte ao The Mirror. "Há algum tempo discute-se o uso da propriedade como parte do terreno geral e agora espera-se o momento certo para iniciar o projeto."

Além de sentirem que precisam de mais espaço conforme os herdeiros crescem, fontes relatam que isso essencial para a recuperação da saúde de Kate Middleton, que precisa de um "ambiente sereno para gerenciar as demandas do tratamento" contra um câncer. O espaço maior acolheria com maior comodidade os príncipes de Gales e seus assessores.

Ciente que financiamento público de obras reais é mal visto pelos ingleses, o príncipe planeja uma forma de pagar eles próprios pela reforma do anexo. "William está muito consciente do escrutínio público sobre os hábitos de consumo da família real, por isso está procurando a melhor maneira de cobrir quaisquer custos de renovação", revelou uma fonte.

A atual residência de Adelaide Cottage, localizada próxima ao Castelo de Windsor, é usada para o dia a dia da família pela proximidade da escola das crianças e porque os pais e irmãos de Kate - que tem dado um apoio essencial em sua recuperação - vivem na vizinhança. A propriedade é lar dos príncipes de Gales desde 2022, quando emitiram um comunicado afirmando que "desejavam criar seus filhos em um ambiente rural".

Deixe seu comentário

Só para assinantes