Conteúdo publicado há 2 meses

Bradley Cooper diz que 'não sabe se estaria vivo' se não fosse pela filha

Bradley Cooper, 49, desabafou sobre como se sentiu com o nascimento da filha Lea De Seine, 6, fruto da relação com a modelo Irina Shayk.

O que aconteceu

O ator contou no podcast Armchair Expert como se sentiu nos primeiros meses de vida da filha. "Nos primeiros oito meses... eu nem sei se realmente amo a criança. É legal. Estou assistindo essa coisa se transformar. Essa era minha experiência. Estava fascinado, amava cuidar dela. Mas eu morreria se alguém viesse com uma arma..."

Bradley disse que com o passar do tempo não restaram dúvidas sobre o amor pela criança. "E então, de repente, não havia mais dúvidas"

Ele disse ainda ser Lea a responsável por ainda estar vivo. "Não sei se estaria vivo se eu não fosse um pai. Eu só precisava de alguém para dizer: 'Vamos lançar uma âncora enorme'. E eu respondi: 'Por quê? Estamos apressando as coisas! Acabei de fazer um upgrade no navio, e eu sei que o vento está vindo'. E a pessoa rebateu: 'Não, não, não, nada disso. Tem um tsunami vindo, e você precisa de uma âncora"

Deixe seu comentário

Só para assinantes