Conteúdo publicado há 1 mês

Fernanda Gentil fala sobre 'surto e susto' ao descobrir paralisia facial

Fernanda Gentil foi diagnosticada com Paralisia de Bell, condição que afeta os músculos da face e provoca paralisia, dificultando os movimentos, e contou ao O Globo que foi um momento de "surto e susto".

O que aconteceu

A apresentadora relembrou o momento em que percebeu que havia algo de errado: "Quando eu percebi de fato que alguma coisa não estava como deveria, eu já estava trancada no banheiro de frente para o espelho e fazendo as expressões. Foi aí que confirmei que alguma coisa estava acontecendo. Foi o meu maior surto e susto. Foi um momento comigo mesma, tentando entender e me acalmar para que pudesse compartilhar com a Priscila (sua companheira). Foi o momento mais angustiante, porque a gente só pensa em coisa ruim".

Fernanda rezou para que não fosse algo grave: "Pedi, pelo amor de Deus, que não fosse nada grave, que não me pregasse essa peça nesta altura da vida. E que fosse algo que eu conseguisse contornar. Estava com muito medo de, além de ser bem grave, ser algo irreversível. E após essa paralisia, se não fizer o tratamento direitinho e seguir as orientações, tem o risco de ficar com sequelas. Então foi um momento de exercer a minha fé e pedir pela minha saúde".

A artista ressaltou a importância de dividir o diagnóstico com o público: "Eu tenho esse cuidado com a minha saúde e tento usar minha vitrine para que as pessoas também tenham. Como comunicadora, é muito importante usar a minha palavra para tentar minimamente conscientizar. Então eu falei para que as pessoas não silenciem, não neguem os sinais do corpo delas. Ninguém conhece o nosso corpo mais do que nós mesmos. É um alerta, um pedido, para que as pessoas façam o que eu fiz quando eu senti que algo não estava legal".

Deixe seu comentário

Só para assinantes