Conteúdo publicado há 2 meses

Gio Ewbank desabafa sobre filhos e trabalho: 'Culpada por não dar conta'

Giovanna Ewbank, 37, desabafou sobre rotina de trabalho e filhos nas redes sociais.

O que aconteceu

A atriz compartilhou, nas redes sociais, que está exausta e que a realidade não é igual no Instagram. ""Às vezes parece que estamos felizes e radiantes o tempo todo por aqui, né? Claro, porque as redes só mostram uma parte das nossas vidas. Mas a verdade é que o dia a dia é cheio de altos e baixos, medos, alegrias, angústias, culpa. Por um lado, muito feliz com as realizações profissionais. Por outro, triste e culpada por não dar conta de tudo o que remete aos meus filhos".

Gio falou que no último mês trabalhou em excesso, mas garantiu que não era uma reclamação. "Isso não é uma reclamação, eu sabia que seria assim. Me propus a isso sabendo que quando acabasse ficaria apenas em casa com as crianças. Mas esses últimos 10 dias tem sido muito difíceis. Venho para o trabalho chorando, deixando parte de mim em casa, sabendo que meus filhos sentem minha falta no dia a dia".

Mãe de Titi, 10 anos, Bless, nove, e Zyan, de três, ela disse que os mais velhos estão acostumados com a rotina, mas o mais novo não. ""Perdi o final das férias dos mais velhos, a primeira semana de aula do mais novo, a estreia de Zyan em um colégio e todo o sentimento desconhecido da escola nova, a entrada na escolinha de futebol? Mas sempre tentando acertar, e me desdobrar em mil pra me fazer presente de alguma forma".

A atriz ainda revelou que vem tendo crises de ansiedade durante o trabalho. "Tendo que pedir a uma equipe inteira alguns minutos pra respirar e não entrar no set chorando. Essa é a parte que ninguém vê, mas que também existe", afirmou. "Hoje é o nosso último dia de gravação de um trabalho intenso! Todos os dias, dez a doze horas, sentimentos a flor da pele. Hoje é o nosso último dia de gravação de um trabalho intenso! Todos os dias, dez a doze horas, sentimentos a flor da pele".

"A verdade é uma só: nós, mulheres, somos fod*s! Somos mil em uma e isso já sabemos, somos chamadas de guerreiras a todo tempo, e somos, mas, às vezes o que precisamos é sentar, respirar e nos permitir não fazer ou não ser nada. Só ser. Ser o que quisermos e o que é possível no dia a dia"

Apesar de cansada, Giovanna afirmou que está feliz e realizada. "Estou muito feliz, muito realizada e poderia estar falando sobre isso, mas a verdade é que também estou exausta! Emocionalmente, psicologicamente, fisicamente? E a única coisa que preciso agora é acolher e ser acolhida pelos meus filhos. Sentir o amor e ser amada!".

Deixe seu comentário

Só para assinantes