Conteúdo publicado há 2 meses

Motorista que atropelou Kayky Brito toma decisão sobre carreira política

O motorista Diones Coelho, que atropelou o ator Kayky Brito, não aceitou o convite para se candidatar a vereador do Rio de Janeiro. A decisão foi comunicada em um vídeo publicado no seu Instagram.

O que aconteceu

Diones Coelho não será candidato a vereador. O motorista de aplicativo que atropelou o ator Kayky Brito em setembro comunicou a decisão em um vídeo, depois de conversar com a família.

Eu pretendia, não afirmei nada. Estava analisando junto com a minha família e a proposta que a mim foi feita. (...) Entendi que não é o que tenho que fazer. Não vou vir candidato a vereador. É uma decisão que tomei.
Diones Coelho, motorista de app

Ele vai continuar trabalhando como motorista de aplicativo. "Continuarei trabalhando como motorista de app, trabalhando como gestor de tráfego, e com parcerias através de publicidades, e publicidades essas que irão agregar para meus seguidores. Pois tenho a plena responsabilidade de trazer coisas boas que irão agregar, somar na vida deles."

Assunto veio a tona no início de dezembro, quando Diones afirmou em resposta a uma caixinha de perguntas que estudava a possibilidade de migrar para a política. "Sim, pretendo vir candidato nessa próxima eleição aqui no Rio de Janeiro. É algo que já venho conversando com pessoas influentes, em off, né!? Mais para frente isso vai ser formalizado."

Possibilidade gerou críticas. O motorista, mais uma vez pelo Instagram, rebateu os comentários. "Eu não estou à venda por nada, meus princípios e valores. Quero aqui deixar bem claro no meu perfil. Eu não confirmei candidatura nenhuma. Pretender é muito diferente de você ter uma afirmação."

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes