Conteúdo publicado há 4 meses

Musa dos anos 90 desabafa sobre sobriedade há 20 anos: 'Nunca me arrependi'

Conhecida como uma das musas da década de 1990, a modelo australiana Elle Macpherson, 59, desabafou sobre sobriedade. Há 20 anos, ela está sem encostar em álcool e afirma nunca ter se arrependido da decisão.

Ao longo dos anos, Elle enfrentou problemas com álcool e, em 2003, chegou a ser internada em uma clínica de reabilitação. Porém, recentemente, ela postou uma imagem de um pin de alcoólicos anômicos, marcando 20 anos de sobriedade.

"Parei de beber em 2003 porque senti que não poderia estar totalmente presente na minha vida e foi um trampolim maravilhoso para me conhecer em um nível mais profundo", começou ela, em entrevista para a revista australiana Body + Soul.

Durante esses anos, Elle fala abertamente sobre o seu período longe do álcool. No entanto, ela diz que não há fórmula para largar o vício e que cada um tem um caminho. "Cada um tem a sua jornada e não estou interessada em dizer aos outros o que fazer, mas sei que esta foi uma decisão da qual nunca me arrependi", disse.

Elle destaca que a sobriedade fez ela entender o conceito de beleza. Isso porque, com o passar dos anos, ela percebeu que a beleza está ligada com a saúde e bem-estar, além da aparência física. "Eu costumava igualar a beleza à juventude e, à medida que amadureci e que a minha experiência evoluiu, eu entendi que a beleza está mais alinhada com o bem-estar".

De acordo com ela, o bem-estar é físico, emocional, espiritual e mental, e que todos estão integrados. "Para mim, essa foi a maior revelação, que você não pode separá-los. Se alguma coisa está fora de ordem, isso afeta os outros", destacou ela.

Ela acrescenta: "Então, o segredo para uma vida feliz e saudável é realmente manter o equilíbrio em todos esses aspectos. Levei muito tempo para conseguir isso".

Próxima de completar 60 anos, a modelo reflete sobre o envelhecimento. "Acho que é mais importante focar na qualidade de vida que você está tendo e em como você está vivendo a vida ao máximo. Não são os anos da sua vida, mas a vida em seu anos", concluiu ela.

Deixe seu comentário

Só para assinantes