Conteúdo publicado há 7 meses

'Kayky chegou bem e bebeu 3 doses de vodca', relata garçom de quiosque

Edivan Martins, funcionário que trabalha no quiosque Dona Marta, localizado no posto 6 da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, afirmou que Bruno De Luca e Kayky Brito chegaram bem ao local e beberam vodca antes do acidente. A declaração foi dada à imprensa, na quarta-feira (6), após depoimento na 16ª DP.

De acordo com o funcionário, os dois não chegaram ao local alcoolizados. "Eles chegaram bem. Eles chegaram conversando, brincaram comigo e se sentaram no deck, atrás do bar. Eles ficaram brincando, pediram as bebidas para eles beberem, vodca, energético, e isso. Eles estavam tranquilos."

Edivan contou que eles pediram seis doses de vodca. "Cada um bebeu três, e um energético", lembrou. Ele também ressaltou que nunca tinha visto Bruno e Kayky no local: "Trabalho ali há dois anos. É a primeira vez".

O funcionário, que estava aguardando o ônibus quando viu o acidente, disse que De Luca ficou desesperado com o acidente. "Ele gritou. Não lembrou muito o que ele gritou. Botou a mão na cabeça e ficou andando de lá e para cá. E nisso eu saí de perto dele e fui perto do Kayky. E foi chegando gente. Quando eu voltei para o quiosque, bem depois, ele já não estava mais."

'Estou traumatizado'

O ator Bruno de Luca prestou depoimento ontem na 16ª DP (Barra da Tijuca), no Rio, sobre o atropelamento do amigo.

"Estou traumatizado. Pior coisa que aconteceu na minha vida. Ainda estou muito assustado. O Kayky é meu melhor amigo, a gente estava escrevendo uma peça juntos. Estava ali se divertindo, depois fui pagar a conta e aconteceu o que vocês viram. Agora, ele precisa se recuperar. Agradeço as mensagens que tenho recebido para passar para ele. Espero tomar conta da minha cabeça e seguir em frente. ", disse após esclarecer pontos com a polícia, em depoimento que durou por volta de 1h40.

Bruno ainda comentou brevemente sobre a reação que teve ao ver o acidente, quando colocou as mãos na cabeça. "Foi a única reação que eu tive, vocês viram. Não aguento mais ver [o vídeo do acidente]. Se vocês puderem parar, eu agradeço muito", completou.

O que aconteceu:

Kayky Brito sofreu politraumatismo e traumatismo cranioencefálico após ser atropelado na altura do posto 6 da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, na madrugada do último sábado.

Continua após a publicidade

Ele estava em um quiosque na orla acompanhado de amigos, quando atravessou a rua para buscar algo em seu carro. Na volta, foi atropelado por um carro de aplicativo que levava uma passageira e sua filha.

O ator foi encaminhado ao Hospital Miguel Couto e, posteriormente, transferido para o Copa D'Or. Segundo o último boletim, ele segue intubado e sedado, na UTI.

Deixe seu comentário

Só para assinantes