Conteúdo publicado há 9 meses

Polícia investiga mãe de Larissa Manoela por suposta intolerância religiosa

Silvana Taques, mãe de Larissa Manoela, será investigada por suposta intolerância religiosa em mensagem enviada à atriz. A informação foi confirmada pela Polícia Civil do Rio.

"A Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) recebeu notícia-crime em razão de possível prática de intolerância religiosa. O fato será apurado", informou o posicionamento oficial.

Denúncia foi feita pela Comissão de Combate à Intolerância Religiosa do Estado do Rio de Janeiro em articulação com o Centro de Articulação de Populações Marginalizadas (CEAP). "A configuração desse ato discriminatório apresenta-se como formas contemporâneas do racismo, que objetiva preservar a incolumidade dos direitos da personalidade, como a essencial dignidade da pessoa humana", diz um trecho da solicitação.

Documento é assinado pelos advogados Carlos Nicodemos Oliveira Silva e Maria Fernanda Fernandes Cunha, especialistas em direitos humanos que defendem a comissão.

"Fato aponta para uma conduta discriminatória. [...] Impõe à autoridade policial fazer investigação e verificar não só quem e em qual circunstância falou, mas também quem está propagando a mensagem", comentou Carlos Nicodemos em conversa com Splash.

O que aconteceu?

Autoridades investigam suposta mensagem com termos ofensivos enviada por Silvana para a atriz na véspera de Natal em 2022. O conteúdo foi revelado com exclusividade pelo colunista de Splash Lucas Pasin.

Silvana ironizou religião do namorado da atriz, André Luiz Frambach, segundo o relato. "Esqueci de te desejar... que você tenha um ótimo natal aí com todos os guias dessa família macumbeira. kkkkkk", diz o texto.

A frase aparece na continuação de um diálogo entre Silvana e Larissa exibido pelo Fantástico no domingo (20). A mãe mandou a atriz "ir à merda" após receber um texto em que a artista desejava um feliz Natal e lamentava a ausência dos pais na casa de Frambach.

Continua após a publicidade

Larissa Manoela tem pai evangélico e mãe católica. Atriz estudou na infância em um colégio adventista (mantido e orientado pela Igreja Adventista do Sétimo Dia), mas também é católica. André Luiz Frambach e família seguem o espiritismo.

Siga o Splash no

O Fantástico optou por não exibir a última fala de Silvana na intenção de não entrar na questão do "relacionamento familiar" e levantar outras pautas que não tivessem relação com a briga pelo dinheiro, segundo Lucas Pasin.

A coluna de Lucas Pasin procurou André Luiz Frambach e Larissa Manoela para comentarem sobre o trecho cortado do Fantástico. A assessoria dos atores enviou uma nota: "Tudo o que havia para ser comentado está exposto nas entrevistas da atriz Larissa Manoela, da advogada do caso, Patricia Proetti, e dos comunicados divulgados na semana passada".

Silvana Taques e Gilberto Elias também foram procurados. Além de contato direto, o advogado que representa o casal também não deu retorno sobre o tema.

A comunicação da Globo também foi questionada sobre o motivo de terem cortado o trecho no Fantástico, e não respondeu.

Continua após a publicidade

Entenda a briga

A relação entre Larissa Manoela e os pais começou a se desgastar nos últimos três anos. As divergências ficaram evidentes quando a atriz e a mãe começaram a bater de frente sobre decisões que afetavam a carreira e a vida pessoal de Larissa.

A artista passou a não querer mais que a mãe desse a última palavra em decisões. Diante dos conflitos, ela acabou abrindo uma empresa e passou a gerenciar a própria carreira.

Silvana e Gilberto quebraram o silêncio, no início do mês, por meio de uma carta aberta enviada ao Fofocalizando (SBT). "É verdade que nos abdicamos há anos de nossas carreiras pelo sonho da nossa filha. Jamais nos arrependemos disso".

Diante da manifestação dos pais, Larissa concedeu uma entrevista ao Fantástico (Globo), no domingo (13). "Estava insuportável para mim ouvir tantas mentiras", disse a atriz, que afirmou ter deixado um patrimônio avaliado em R$ 18 milhões para os pais.

Na entrevista, a atriz afirmou que o acesso ao próprio dinheiro era controlado pelos pais, que a participação nas empresas era menor do que ela imaginava e que vem enfrentando dificuldades para formalizar o afastamento dos pais da gestão da própria carreira.

Continua após a publicidade

Já os pais da atriz, por meio de nota oficial enviada ao Fantástico, negaram as acusações feitas pela filha e disseram que ela distorce a realidade quando diz que tem dificuldade para negociar a saída das sociedades com os pais.

Deixe seu comentário

Só para assinantes