PUBLICIDADE
Topo

'Sarrada' de mãe no TikTok termina com notebook da filha destruído; veja

A comerciante Regiane Nogarolli Esperto, 46, acabou viralizando no Instagram após seu desastrado passo de funk quebrar o computador da filha - Reprodução/Instagram
A comerciante Regiane Nogarolli Esperto, 46, acabou viralizando no Instagram após seu desastrado passo de funk quebrar o computador da filha Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL

18/05/2022 04h00

A comerciante Regiane Nogarolli Esperto, 46, jamais poderia imaginar que um vídeo seu dançando e tentando dar uma "sarrada no ar" fosse ser visto por mais de 4 milhões de pessoas em todo o Brasil.

Tudo porque, ao tentar dar o passo de funk que se tornou conhecido graças a um videoclipe do MC Crash, ela acabou acertando em cheio o notebook da filha mais nova que, sentada na cama, assistia à cena.

O passo "sarrada no ar" consiste em trazer as duas mãos rapidamente até a linha da cintura enquanto a pessoa pula. Para Regiane, porém, o passou acabou não dando certo. E uma das pernas acertou com força o laptop recém-comprado de Maria Eduarda, 19.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Gabriela Esperto (@gabiesperto)

"E minha mãe que foi dar uma sarrada no ar e acabou sarrando o notebook?", diz a legenda do vídeo, postado pela filha mais velha de Regiane, a estudante de medicina Gabriela, 27. A cena mostra a mulher pulando e chutando sem querer o computador. "Quebrou, mãe", afirma Maria Eduarda, envergonhada, mostrando a tela se soltando do corpo do aparelho. A mãe, assustada, se aproxima da filha e diz: "Não acredito, Maria".

Gabriela disse que, apesar de o vídeo ter sido postado recentemente, na verdade ele foi gravado em 2017, quando o Snapchat era a rede mais procurada pelos jovens. "Eu pedi para a minha mãe dançar a 'sarrada no ar'. Mas ela nem queria, eu que fiquei insistindo. Ela estava na porta do quarto, mas não sabia dançar, foi se aproximando da minha irmã, que estava com o computador na cama e deu o passo errado, resultando nessa tragédia.

A estudante conta que levou seis meses para que a família conseguisse consertar definitivamente o computador. Esse foi o tempo que a peça levou para chegar à assistência técnica.

"Levei um baita susto, tanto que na hora a minha reação foi me afastar. Na hora eu nem percebi que tinha quebrado", contou Regiane ao UOL. "O que quebrou do notebook foi uma peça que segura a tela aberta. Não chegou quebrar a tela. O prejuízo foi de R$ 350. A parte mais triste é que o notebook era novo, fazia 15 dias que tinha comprado, e era lançamento da marca. Então, quando fomos mandar arrumar, não existia a peça para vender ainda. Tivemos que esperar por 6 meses com o notebook quebrado, até a peça chegar".

Regiane afirma que, na época, as filhas chegaram a pensar em publicar o vídeo nas redes. Afinal, ele já tinha divertido muitos amigos e parentes em grupos de WhatsApp.

"Na época que o video foi gravado, nossos amigos falavam pra gente mandar o vídeo pra Eliana, pro Faustão, mas a gente deixou guardado. Até que, há poucos dias, minha filha decidiu postar. A gente até pensou que daria bastante visualização, mas jamais imaginávamos que passaria de 4 milhões de visualizações", contou a comerciante.

"Quando a minha mãe postou no TikTok dela, deu umas 200 mil visualizações. Daí eu resolvi postar no Instagram e foi aí que a gente se surpreendeu com a quantidade de pessoas assistindo", afirmou Gabriela.