PUBLICIDADE
Topo

Corpo de Paulinha Abelha, do Calcinha Preta, é velado em Sergipe

Gabriela Ferreira

De Splash, em São Paulo

24/02/2022 07h18Atualizada em 24/02/2022 18h22

O corpo da cantora Paulinha Abelha, morta ontem aos 43 anos, está sendo velado em Aracaju. Durante a madrugada, amigos e familiares realizaram uma cerimônia privada. Desde às 7h, o velório da vocalista do Calcinha Preta acontece no ginásio Constâncio Vieira, também na capital sergipana, aberto ao público.

No local, há uma área reservada à família, enquanto os fãs passam por um corredor para se despedir da artista.

Marlus Viana, ex- marido e ex-cantor do Calcinha Preta, disse que teve a honra de poder amá-la e agradeceu aos fãs pelas orações e o carinho. Ele ainda apontou que Clevinho Santos, atual marido de Paulinha, está muito abalado.

"Queria que as pessoas tentassem ser como ela. Não tem preconceito com ninguém, abraçava todas as tribos. Ela conseguia transitar por todos", disse.

Um dos momentos mais emocionante do velório até então foi quando os cantores do Calcinha Preta se reuniram após a missa e cantaram a música feita para a artista, substituindo a letra por "Paulinha, por que nos deixou?".

No começo da noite, o influenciador Carlinhos Maia chegou ao velório e se emociou ao encontrar amigos e integrantes da banda.

Corpo de Paulinha Abelha, do Calcinha Preta, é velado em Sergipe

Amanhã haverá outro velório em Simão Dias (SE), cidade em que ela nasceu. A cerimônia também será aberta para os fãs. O sepultamento de Paulinha, às 15h, será restrito aos familiares.

Internada desde o dia 11 de fevereiro em Aracaju, a cantora apresentou piora clínica nos últimos dias e estava em coma profundo.

Segundo a equipe médica responsável, ela teve um agravamento de lesões neurológicas nas últimas horas. A morte cerebral foi constatada na sequência.

Morre Paulinha Abelha, vocalista do Calcinha Preta, aos 43 anos

Durante a internação, Paulinha foi acompanhada de perto pelo marido, o modelo Cleverton Santos, e pelos companheiros de banda, Daniel Diau, Bell Oliver e Silvânia Aquino.

Em entrevista na terça-feira, os médicos responsáveis pelo tratamento da cantora informaram que a cantora estava em escala de Glasgow 3, ou seja, a "mais grave do coma" — uma pessoa saudável tem a escala Glasgow 15.

Wesley Safadão, Juliette, Frank Aguiar e outros famosos usaram as redes sociais para lamentar a morte de Paulinha Abelha. Ela também foi homenageada pela equipe do Calcinha Preta.