PUBLICIDADE
Topo

Cantor do Calcinha Preta anunciou morte de Paulinha a fãs no hospital

Gabriela Ferreira

Colaboração para Splash, em Aracaju

23/02/2022 20h54Atualizada em 23/02/2022 21h58

A morte de Paula Abelha, do Calcinha Preta, aos 43 anos, foi anunciada para os fãs que estavam em frente ao Hospital Primavera, em Aracuju (SE), por um colega de banda.

A cantora apresentou piora clínica nos últimos dias e estava em coma profundo. Segundo a equipe médica responsável, ela teve um agravamento de lesões neurológicas nas últimas horas. A morte cerebral foi constatada na sequência.

Fãs da banda informaram a Splash que quem deu a notícia foi Daniel Diau, vocalista do grupo de forró eletrônico desde 1998 e que acompanhou a internação da amiga nos últimos dias.

"A nossa Paulinha foi morar com Deus", disse Daniel ao informar a morte da cantora para quem estava do lado de fora do hospital.

Com o anúncio da morte de Paulinha, o clima na porta do hospital, que era antes de oração, deu lugar a choro enquanto muitas pessoas começaram a se abraçar.

A cantora e amiga Silvânia Aquino chegou logo depois ao hospital para encontrar com familiares de Paulinha e integrantes do Calcinha Preta.

Por volta das 21h, Diau voltou para a porta do hospital e, ao lado de fãs, familiares de Paulinha e integrantes da banda, cantou uma oração em homenagem à cantora.

Coma profundo

Em entrevista coletiva realizada ontem, os médicos responsáveis pelo tratamento da cantora informaram que Paulinha estava em escala de Glasgow 3, ou seja, a "mais grave do coma"uma pessoa saudável tem a escala Glasgow 15.

Os médicos ainda indicaram exames não tinham mostrado qualquer lesão anterior relacionada ao uso de substâncias de cunho estético, como remédios de regime ou diuréticos — o motivo principal que levou ao coma da cantora ainda estava sendo investigado pelos médicos.

Antes de ser internada, a artista relatou que se sentiu mal antes de entrevista. Em conversa no podcast "Podpah" no dia 9 de fevereiro, Paulinha disse ter sentido um "desmaio" momentos antes de entrar no ar.

"Eu senti um 'passamento', um desmaio (antes da entrevista). Mas nada que o Podpah não resolva, está tudo ótimo. Qualquer coisa, se eu ficar tonta, eu vou ali. Mas comi igual a uma lontra, ontem jantamos um sushi maravilhoso", disse a cantora na ocasião.

Fãs ao lado de fora do hospital onde a cantora Paulinha Abelha, do Calcinha Preta, morreu - Gabriela Ferreira/Splash - Gabriela Ferreira/Splash
Fãs ao lado de fora do hospital onde a cantora Paulinha Abelha, do Calcinha Preta, morreu
Imagem: Gabriela Ferreira/Splash