PUBLICIDADE
Topo

Rapper Travis Scott é alvo de pelo menos 12 processos após mortes em show

Travis Scott se diz "devastado" após oito fãs morrerem pisoteados em seu show - Reprodução/Instagram
Travis Scott se diz 'devastado' após oito fãs morrerem pisoteados em seu show Imagem: Reprodução/Instagram

De Splash, em São Paulo

08/11/2021 15h19

Até agora, pelo menos doze processos foram abertos contra o rapper Travis Scott e os organizadores do festival de música Astroworld, onde oito pessoas morreram pisoteadas na sexta-feira (5).

Um dos processos também inclui o rapper Drake, que fez uma aparição surpresa no festival. A família de um dos feridos busca uma compensação de US$ 1 milhão — hoje equivalente a cerca de R$ 5,54 milhões.

"Estamos enojados pela tragédia devastadora de sexta à noite. Travis Scott já tem um histórico de incitar a violência e criar condições perigosas para o público", advogados de uma das pessoas feridas afirmaram em nota ao canal NBC News.

Nas redes sociais, Travis Scott se disse "devastado" pelo ocorrido: "Minhas orações vão para as famílias e todos os que foram afetados pelo que aconteceu no festival Astroworld".

Em 2017, Travis Scott foi preso após incentivar os fãs a ultrapassarem a segurança e correrem até o palco durante um show no estado americano de Arkansas.

Na ocasião, um segurança, um policial e algumas pessoas que estavam na plateia ficaram feridos. O rapper foi processado e pagou uma indenização de mais de US$ 6 mil (R$ 33 mil) a duas pessoas feridas.