PUBLICIDADE
Topo

The Weeknd 'dispensa' Grammy: 'Farei o melhor, mas não por você'

Cantor lançou "After Hours" em 2020 - Reprodução/Instagram
Cantor lançou 'After Hours' em 2020 Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para Splash, em São Paulo

02/08/2021 13h49

A rixa entre The Weeknd e o Grammy ganhou um novo capítulo. O cantor, que lançou o aclamado álbum "After Hours" em 2020, deu uma nova entrevista para a revista GQ britânica para falar sobre a falta de indicações de seu trabalho na última edição da premiação.

"Quando aconteceu, eu tive todas essas ideias e pensamentos. Eu estava com raiva, confuso e triste. Mas agora, olhando para trás, nunca quero saber o que realmente aconteceu", disse o artista de 31 anos, supostamente deixado de lado pelo Grammy após "escolher" se apresentar no Super Bowl 2021.

"Eu simplesmente não me importo. Porque essa nunca será a razão pela qual eu faço o que faço. Nunca foi. E estou feliz por poder fazer música e não ter que pensar nisso. Eu nunca estarei nessa conversa novamente", acrescentou The Weeknd.

"Eu não tenho interesse. Todo mundo fica tipo: 'Não, apenas faça melhor da próxima vez'. Vou fazer melhor, mas não por você. Eu vou fazer melhor para mim", disse o cantor em outro trecho da entrevista, poucos meses após declarar um "boicote" ao Grammy.

Segundo ele, a decisão de não ser indicado à premiação foi tomada baseada na existência de "comitês secretos" na organização do evento. "Não permitirei mais que minha gravadora envie minha música para o Grammy", disse na época.