PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Agravamento da pandemia é uma ducha de água fria nos planos da TV

Conteúdo exclusivo para assinantes
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

09/03/2021 07h01

Os números crescentes de mortos e internados por causa da pandemia de coronavírus voltaram a afetar os planos das emissoras de TV. A esperada retomada da produção vai ser mais uma vez adiada.

Com o agravamento da pandemia, governos municipais e estaduais reforçam as medidas restritivas, o que atrapalha a produção de programas de TV. Além disso, a preocupação com a saúde dos trabalhadores obriga a emissoras a colocarem o pé no freio.

A Globo anunciou na quinta-feira o adiamento da estreia de "Um Lugar ao Sol". A novela de Licia Manzo estava programada para estrear em abril, após a exibição dos capítulos inéditos de "Amor de Mãe".

Com o adiamento de "Um Lugar ao Sol", vem aí uma reprise de "Império", de Aguinaldo Silva. É a segunda novela do autor a ser reprisada as 21h por causa da pandemia. A primeira foi "Fina Estampa".

No SBT, os planos da volta de Silvio Santos, Raul Gil e Carlos Alberto de Nóbrega aos estúdios seguem sem data certa. A boa notícia é que os três já tomaram pelo menos uma dose da vacina. Mas eles não gravam sozinhos. Precisam de equipe. E a grande maioria não tomou vacina ainda.

Na Record, quase 20 jurados do "Canta Comigo" testaram positivo para o coronavírus. O programa, apresentado por Rodrigo Faro, está sendo gravado para exibição este ano. A produção é da Endemol.

Segundo a Netflix, não procedem as notícias de dificuldades da Endemol na gravação do reality "Casamento às Cegas". O serviço de streaming afirma que o cronograma de gravação ocorreu dentro do previsto e vai terminar essa semana.

Este quadro todo aponta para uma retomada mais lenta da produção. E tome reprise!!!