PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Fefito

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Ao criticar Anitta, Zé Neto perde oportunidade de ouro: a de ficar calado

Conteúdo exclusivo para assinantes
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

14/05/2022 15h49

Durante um show na cidade de Sorriso, no Mato Grosso, na sexta-feira (13), o cantor Zé Neto, da dupla sertaneja com Cristiano, fez um discurso que aparentemente enaltecia sua carreira, mas às custas de Anitta. "Nós somos artistas que não dependemos de Lei Rouanet. Nosso cachê quem paga é o povo. A gente não precisa fazer tatuagem no toba para mostrar se a gente está bem ou mal. A gente simplesmente vem aqui e canta, e o Brasil inteiro canta com a gente", afirmou, em clara referência ao fato de a cantora ter tatuado uma região íntima.

Além de provar desconhecimento sobre a Lei Rouanet, algo costumeiro no Brasil, o sertanejo precisou atacar a artista brasileira mais bem-sucedida internacionalmente para se exaltar. Não foi a tatuagem escondida que levou Anitta aos Estados Unidos ou às paradas de sucesso, foi seu talento. Criticar parte do corpo da funkeira, aliás, é uma atitude no mínimo incoerente por parte do sertanejo, que já chegou a comemorar que ganhava seguidores nas redes sociais por publicar fotos de sunga com sua genitália bem marcada.

Ao criticar Anitta, Zé Neto perdeu uma chance de ouro: a de ficar calado. A mesma oportunidade que perdeu quando decidiu fazer uma caricatura de homens gays em junho do ano passado. Se para provar seu valor como artista você precisa atacar uma colega de trabalho, algo está errado. E, nesse caso, o ataque vem com contornos bastante machistas. Certamente a dupla sertaneja adoraria estar no lugar da carreira que cantora se encontra atualmente, no auge e completamente confortável consigo mesma.

Zé Neto deveria, no mínimo, se concentrar mais no seu canto e parar de fiscalizar o corpo alheio. Ou vai continuar postando foto de sunga e brincando de "homem-berinjela" para abafar as bobagens que fala? Perguntar não ofende. Na falta de algo bom para falar, é preferível o silêncio.