PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Fefito

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Intrigante e subestimada, 'Servant' surpreende no fim de segunda temporada

O elenco da série "Servant", disponível no Apple+ - Divulgação
O elenco da série "Servant", disponível no Apple+ Imagem: Divulgação
Conteúdo exclusivo para assinantes
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

20/03/2021 12h00

A exploração de novos gêneros no mundo das séries não necessariamente faz que eles sejam reconhecidos como dignos de integrar premiações. O suspense e o terror, por exemplo, continuam sendo ignorados, muitas vezes, por preconceito bobo. Prova disso é que uma das melhores séries do momento, "Servant", vem sendo constantemente subestimada neste quesito.

Disponível no Apple+, o seriado tem produção de M. Night Shyamalan, diretor de sucessos como "O Sexto Sentido" e "Sinais". Considerado um grande cineasta do gênero, ele explora aqui as repercussões na vida de um casal após a chegada de uma babá para cuidar de um recém-nascido. Tudo parece em ordem, não fosse por um detalhe: o neném é, na verdade, um boneco. A partir daí, a trama vai ganhando camadas e mais camas de mistério e questões passam a se amontoar.

Como muitas produções que se arriscam nessa linha, "Servant" por vezes exagera no equilíbrio entre a quantidade de perguntas e respostas. Ainda assim, quando soluções são oferecidas, é extremamente recompensador. Série perfeita para ser rodada em tempos de pandemia, ela tem como cenário uma casa e elenco reduzido, mas afiadíssimo. Apesar de ter perdido um pouco do ritmo da primeira leva de episódios, a segunda temporada chegou ao fim de maneira eletrizante.

Para quem procura diversão intrigante - e rápida, com episódios de meia hora -, esta é uma excelente pedida. O terceiro ano do seriado já está garantido e seu primeiro capítulo já foi inteiramente gravado. Ou seja: teremos um futuro ainda mais perturbador pela frente. Ainda que tenhamos as indicações de muitas respostas, nesta produção - uma das favoritas de gênios como Stephen King - é preciso ver para crer. E ainda há muito a ser mostrado.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL