PUBLICIDADE
Topo

Histórico

'Legendary', uma batalha de vogue, é o reality mais divertido do momento

Legendary, reality show da HBO Max - Divulgação
Legendary, reality show da HBO Max Imagem: Divulgação
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

07/07/2020 18h14

Resumo da notícia

  • Novo programa da HBO mostra uma batalha entre dançarinos de vogue
  • Com elenco diverso, reality pode ser um sucessor de "RuPaul's Drag Race"
  • Atração ainda não está disponível no Brasil, mas já viralizou nas redes sociais

No começo dos 90, Madonna emplacou "Vogue" nas paradas de sucesso e glamourizou passos de dança antes conhecidos apenas em bailes de minorias marginalizadas de Nova York. Com o estrondoso sucesso de "RuPaul's Drag Race" em todo o mundo, descobriu-se que a inspiração para o programa veio da mesma fonte e um documentário antes esquecido, chamado "Paris Is Burning", passou a ser cultuado por jovens. Agora, chegou a vez de HBO beber na mesma fonte e produzir um reality show que, desde já, pode ser considerado das melhores novidades do ano.

"Legendary" é, basicamente, uma batalha de vogue entre grupos de dançarinos amadores. Cada time se autointitula "Casa" e escolhe um sobrenome chique - normalmente uma marca - para se atrelar. Vêm daí nomes como House of Gucci, House of Lanvin, House of Extravaganza ou House of Ninja. A cada episódio, os participantes duelam em categorias que exigem não só coreografia, beleza, moda, presença de palco e muita atitude. É uma plataforma interessante para uma parcela da população LGBT que inspirou referências, mas continuou à margem do mainstream.

Para quem não sabe, "vogue" é um conjunto de passos geométricos feitos com os braços e o corpo. Falando de maneira genérica, a dança é basicamente inspirada em poses para capas de revista e evoluiu a partir disso.

Para você que não consegue conceber como uma mera batalha de dança é interessante, sugiro assistir ao vídeo abaixo:

Para cada disputa, o apresentador do programa, Dashaun Wesley, complementa a batida do DJ, como se fosse um MC de ballroom, como é chamado o baile. No júri, a maravilhosa Leiomy Maldonado, lenda do vogue, se junta à atriz Jameela Jamil (famosa pela série "The Good Place"), ao estilista Law Roach e à cantora Megan Thee Stallion.

A cada episódio, há a presença de jurados convidados. A ocasião em que Dominique Jackson, da série "Pose", inspirada nos bailes, participou já é considerada icônica, com direito a treta com participantes e colegas do júri.

A seleção de concorrentes é a mais pura representação da diversidade, repleta de personagens fortes.

Para azar dos brasileiros, a HBO só lançou "Legendary" na HBO Max, novo serviço de streaming nos Estados Unidos, e não há previsão de chegada por aqui. Mas as prévias já viralizaram pelas redes sociais. Talvez o canal por assinatura tenha nas mãos um fenômeno pronto para suceder "RuPaul's Drag Race", que não tem empolgado tanto nas últimas temporadas.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL