PUBLICIDADE
Topo

Chico Barney

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

WandaVision conseguiu terminar ainda pior do que começou

WandaVision - Reprodução/Disney Plus
WandaVision Imagem: Reprodução/Disney Plus
Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002

Colunista do UOL

06/03/2021 17h26

Quando WandaVision estreou na plataforma de streaming da Disney, os entusiastas de badulaques da cultura pop ficaram atônitos: "parece que vem coisa boa por aí!"

Era um formato supostamente original para abordar o popular universo cinematográfico da Marvel. Protagonistas não muito famosos, duas notas de rodapé da saga dos Vingadores, mas cheios de potencial por conta dos anos de bons serviços nos quadrinhos.

O desenvolvimento da série se mostrou deveras frustrante. Samba de uma nota só, enrolando por horas a fio para contar uma história medíocre. Wanda estava de luto, inventou um mundo de mentiras e foi tragada por ele. Aí aparece uma espécie de Bruxonilda que faz tudo sair dos trilhos.

A exibição semanal incentivou uma miríade de teorias dos fãs para cada piscadela sinalizada pelos produtores. A imensa maioria era armadilha para impulsionar o engajamento nas redes sociais. Considero a presença do ator errado como Mercúrio o bait mais vexaminoso.

Também acho uma pena que tenham desistido de dar alguma importância para a ótima Monica Rambeau no ato final. Foi um descaso tão grande que chegou a obliterar o bom arco da personagem nos episódios em que teve oportunidade.

Apesar da trama rasa e da vilã patética, cabe aqui um outro elogio à performance de Elizabeth Chase Olsen. Conseguiu dar profundidade à Feiticeira Escarlate, depois de participações um tanto constrangedoras nos filmes da saga.

Como sempre acontece quando falamos a respeito da Marvel, agora é esperar o que vem por aí. Que as próximas produções recuperem o brilho de outrora.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL