PUBLICIDADE
Topo

Chapada das Mesas: o destino paradisíaco e pouco visitado no Maranhão

No Portal da Chapada das Mesas, fenda em rocha lembra o mapa do Tocantins - Alexandre Schneider/UOL
No Portal da Chapada das Mesas, fenda em rocha lembra o mapa do Tocantins Imagem: Alexandre Schneider/UOL

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL

03/03/2018 04h00

O Maranhão é famoso entre turistas principalmente por causa dos Lençóis Maranhenses, mas, em seu interior, o estado nordestino abriga outro destino: o Parque Nacional da Chapada das Mesas, uma área com cerca de 160 mil hectares com cânions, cavernas, trilhas entre paisagens montanhosas, dezenas de cachoeiras e mirantes com vista panorâmica privilegiada para boa parte da região. Segundo a secretaria de Turismo do Maranhão, o nome do local tem origem "em seus platôs, que lembram realmente o formato de mesas de pedra". 

Chapada das Mesas - Alexandre Schneider/UOL - Alexandre Schneider/UOL
Turista nada em piscina natural da Chapada das Mesas, no Maranhão
Imagem: Alexandre Schneider/UOL

Dentro do Parque Nacional e em seus arredores, os visitantes se refrescam do calor nordestino em quedas d'água como a cachoeira Santa Bárbara (com aproximadamente 70 metros de altura), a cachoeira de São Romão (que costuma formar uma caudalosa piscina natural), a cachoeira da Prata (que despenca entre lindas formações rochosas) e a cachoeira do Capelão, que, via de regra, gera uma piscina natural muito bonita. 

Cachoeiras ao longo da trilha que leva o turista ao Poço Azul, um recanto de água turquesa que se forma pelas pequenas cachoeiras do rio Cocal, há 130 quilômetros de Carolina, na região da Chapada das Mesas, no Maranhão - Alexandre Schneider/UOL - Alexandre Schneider/UOL
Há dezenas de lindas cachoeiras espalhadas pela Chapada das Mesas
Imagem: Alexandre Schneider/UOL

E, por falar em piscina natural, a região na qual está a Chapada das Mesas abriga um cenário espetacular: é o poço chamado Encanto Azul, que oferece águas inacreditavelmente cristalinas entre paredões rochosos, em uma paisagem que rende grandes fotografias e muito contato com a natureza. O Poço Azul, igualmente dono de águas translúcidas, é outro cartão-postal da área. 

Mirantes e pôr do sol

Além de curtir tanta água, os viajantes que exploram esta área do Maranhão devem ir até o famoso Portal da Chapada, onde existe uma formação rochosa com uma fenda que, curiosamente, lembra o Estado vizinho do Tocantins.

Piscinas naturais, grutas e cenários montanhosos formam a paisagem da Chapada das Mesas - Alexandre Schneider/UOL - Alexandre Schneider/UOL
Piscinas naturais, grutas e cenários montanhosos marcam a região da Chapada das Mesas
Imagem: Alexandre Schneider/UOL

O Portal também costuma ser um camarote perfeito para admirar o pôr do sol e oferece vista para o Morro do Chapéu, montanha que é um dos símbolos da região. 

Para circular a pé entre muitos dos atrativos da Chapada das Mesas, é preciso estar com bom condicionamento físico para encarar trilhas, mas o esforço vale a pena: além de admirar as cachoeiras e grutas da região, os turistas podem curtir a vegetação do cerrado, típica da área.

A cidade maranhense de Carolina é uma das melhores bases de onde organizar viagens à Chapada das Mesas. 

Para chegar a Carolina, uma das opções é ir de avião até a cidade de Imperatriz, que fica a aproximadamente 220 quilômetros de distância. 

Vista da região do Parque Nacional da Chapada das Mesas, no Maranhão - Alexandre Schneider/UOL - Alexandre Schneider/UOL
Vista da região do Parque Nacional da Chapada das Mesas, no Maranhão
Imagem: Alexandre Schneider/UOL

O Portal da Chapada oferece vista panorâmica para a região da Chapada das Mesas  - Alexandre Schneider/UOL - Alexandre Schneider/UOL
O Portal da Chapada oferece vista panorâmica para a região da Chapada das Mesas
Imagem: Alexandre Schneider/UOL