PUBLICIDADE
Topo

Férias instagramáveis: viaje por alguns dos locais mais coloridos do mundo

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL

28/01/2018 04h00

Há lugares pelo mundo que, por causa das cores de suas paisagens, têm potencial para encantar legiões de turistas (e render fotos que bombam no Instagram). Veja dez:

1. Jardim das tulipas

O parque Keukenhof recebeu quase 1,2 milhão de visitantes no ano passado - Divulgação/Parque Keukenhof - Divulgação/Parque Keukenhof
Imagem: Divulgação/Parque Keukenhof

Situado na cidade holandesa de Lisse, a cerca de 30 quilômetros de Amsterdã, o Keukenhof é um dos maiores jardins floridos no mundo. No local, os turistas podem caminhar através de terrenos forrados por milhares de flores. A grande atração do lugar são as tulipas com suas cores vivas: cenário perfeito para fotos. O parque não fica aberto o ano inteiro. Em 2018, ele funcionará entre os dias 22 de março e 18 de maio. 

2. Cidade azul

Apesar de azul ser considerada um cor fria, as vielas antigas de Chefchaouen são acolhedoras - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

A cidade de Chefchaouen é um dos destinos turísticos mais interessantes do Marrocos: isso porque o centro histórico do local é quase que inteiramente pintado de azul. A predominância da cor teria origem na comunidade judaica que viveu em Chefchaouen, que, reza a lenda, pintou cidade assim como referência ao azul que tingia objetos sagrados no Velho Testamento. É uma atividade extremamente agradável caminhar (e fazer fotografias) pelas vielas do lugar. 

3. Cores e canais

Burano, na Itália - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

O arquipélago italiano de Burano fica relativamente próximo do centro histórico de Veneza e também exibe românticos canais e calçadas para um passeio turístico. Além de ter um clima acolhedor, este local é famoso por suas edificações antigas pintadas com cores chamativas, fazendo dele um dos destinos mais fotogênicos do norte da Itália. É possível conhecer Burano em um passeio de um dia. 

4. Azul indiano

Cidade de Jodhpur, na Índia - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Outra cidade que ficou famosa por ter sua paisagem dominada pelo azul é Jodhpur, na Índia. Uma enorme área desta metrópole exibe casas e outras edificações pintadas com a cor, em um cenário que pode ser admirado a partir de mirantes espalhados pela cidade. O azul seria uma referência à casta hinduísta dos brâmanes (cor com a qual este grupo se identifica). Jodhpur ainda tem o forte Mehrangarh, erguido no século 15 (e que aparece no topo da foto acima).

5. Paleta italiana

Cinque Terre, Itália  - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

Além de Burano, a Itália tem outro destino turístico extremamente colorido. Trata-da região litorânea de Cinque Terre, na costa oeste do país europeu, onde lindas vilas dividem a paisagem com o oceano. Um dos principais cartões-postais do lugar é a vila de Vernazza, com prédios históricos pintados com cores chamativas ao lado de um mar frequentemente verde-esmeralda. 

6. Caminito

Caminito, em Buenos Aires - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

A área conhecida como Caminito é um dos grandes cartões-postais de Buenos Aires, na Argentina. Trata-se de uma via recheada de antigos edifícios coloridos, onde o turista encontra shows de tango, cafés, restaurantes, lojas de suvenires e tendas vendendo objetos relacionados ao Boca Juniors (time de futebol cujo estádio fica ali perto). É um lugar que costuma ter movimento intenso de turistas, mas que merece uma visita. 

7. Praia nordestina

Porto de Galinhas, em Pernambuco - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Quer entrar em contato com paisagens coloridas e altamente fotogênicas dentro do Brasil? Um dos melhores lugares para fazer isso é em Porto de Galinhas (PE), um dos balneários mais famosos do Nordeste. Aqui, quando a maré está baixa, o mar costuma adquirir uma coloração azul-turquesa e tem sua beleza realçada pelas jangadas também coloridas que passeiam entre as piscinas naturais. Um lugar de cair o queixo.

8. Museu da Frida

Museu Casa Azul, Cidade do México: O conturbado e passional relacionamento entre Frida Kahlo e Diego Rivera é latente nos imóveis nos quais o casal de artistas viveu. O mais famoso deles é a Casa Azul de Frida, hoje convertido em museu, no bairro de Coyoacán, na Cidade do México. Ainda que tenha vivido com Diego também em outros lugares, foi ali que Frida nasceu e morreu, e hoje vários objetos e fotos que fizeram parte da vida em comum do casal estão expostos em seus aposentos - Mari Campos/UOL - Mari Campos/UOL
Imagem: Mari Campos/UOL

A artista mexicana Frida Kahlo é famosa no mundo inteiro, e vale muito a pena visitar sua antiga casa no bairro de Coyoacán, na Cidade de México. Hoje convertido em museu, o local é pintada com cores fortes, remetendo à criatividade passional de Frida. Lá é possível ver obras da genial pintora e objetos que contam a história de seu relacionamento com o muralista Diego Rivera. É um dos lugares mais interessantes para visitar na capital mexicana. 

9. Neon japonês

Shibuya é a Tóquio de Tóquio, uma versão condensada da selva urbana - Guilherme Solari/UOL - Guilherme Solari/UOL
Imagem: Guilherme Solari/UOL

Luzes neon e painéis eletrônicos fazem da região conhecida como Shibuya, em Tóquio, uma visão do futuro. É um lugar de ritmo frenético, apinhado de gente e com uma certa poluição visual que é um tanto fascinante. Aqui, o segredo é preparar sua câmera para tirar fotos noturnas e fazer imagens inesquecíveis deste interessante e colorido canto da capital japonesa. 

10. Templo russo

Catedral de São Basílio (Moscou, Rússia) - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

País que será sede da próxima Copa do Mundo, a Rússia tem um monumento que está entre os mais coloridos do planeta: é a catedral de São Basílio (à esquerda na foto), um dos grandes cartões-postais da nação. Localizada na Praça Vermelha, a edificação foi erguida a mando do líder Ivan, o Terrível, no século 16, e tem um formato que lembra as labaredas de uma fogueira subindo aos céus. Uma foto imperdível para colocar no Instagram.