PUBLICIDADE
Topo

Mansão histórica de Roma com único mural de Caravaggio vai a leilão

"Júpiter, Netuno e Plutão" de Caravaggio, pintado em 1597, ocupa o teto da residência - Wikimedia Commons
"Júpiter, Netuno e Plutão" de Caravaggio, pintado em 1597, ocupa o teto da residência
Imagem: Wikimedia Commons

Emily Roe e Giulia Segreti

da Reuters, em Roma

23/11/2021 11h19

Está buscando uma residência opulenta em Roma e tem meio bilhão de euros de sobra para gastar? Não precisa mais procurar: Villa Aurora, uma propriedade da capital italiana que é uma joia da arte, está à venda.

Estendendo-se por 2.800 metros quadrados que incluem um jardim exuberante, ela abriga o único mural de teto conhecido do artista barroco italiano Michelangelo Merisi, mais conhecido como Caravaggio.

A vila é o que restou de um retiro campestre estabelecido no século 16 pelo cardeal Francesco Maria Del Monte e vendido mais tarde aos seus proprietários atuais, a família nobre Ludovisi.

A Villa Aurora, mansão cujo teto tem uma histórica pintura de Caravaggio - Reprodução/Youtube - Reprodução/Youtube
A Villa Aurora, mansão cujo teto tem uma histórica pintura de Caravaggio
Imagem: Reprodução/Youtube

Ela irá a leilão no dia 18 de janeiro com um lance inicial de 471 milhões de euros, cerca de R$ 2,93 bilhões.

A venda é resultado de uma disputa de herança que se prolonga desde a morte de seu antigo dono, o príncipe Nicolo Boncompagni Ludovisi, em 2018 e envolve sua terceira esposa.

A pintura de Caravaggio no teto da mansão italiana - Reprodução/Youtube - Reprodução/Youtube
A pintura de Caravaggio no teto da mansão italiana
Imagem: Reprodução/Youtube

A princesa Rita Boncompagni Ludovisi, que nasceu e cresceu no Estado norte-americano do Texas, mas mora na vila há 18 anos, disse à Reuters que Bill Gates, cofundador da Microsoft, esteve interessado em comprar a propriedade, assim como um emir do Catar.

"Só rezo e espero que quem quer que a compre a ame tanto quanto nós", disse ela, com voz emocionada.

Em 1597, o cardeal Del Monte contratou Caravaggio, então com cerca de vinte anos, para pintar o teto de um cômodo pequeno no primeiro andar que ele usava como laboratório de alquimia.