Tudo pela selfie: 8 casas da TV, cinema e música que atraem milhares de fãs

A morte de Matthew Perry, o Chandler de "Friends", no final de outubro, provocou o aparecimento de uma enxurrada de flores, mensagens e tributos ao querido ator em frente ao prédio número 90 da Bedford Street, no West Village, em Nova York — cuja fachada serviu para situar os apartamentos em que os amigos viviam na história.

Mas se a ocasião era bastante singular no caso deste endereço, em outros virou rotina: fãs fazem peregrinações, declarações de amor, encenações e muitas, muitas selfies, diante destes imóveis que foram eternizados não só no cinema e na tevê, como também no mundo da música. Confira:

A casa de Kevin em "Esqueceram de Mim"

A casa icônica de 'Esqueceram de Mim'
A casa icônica de 'Esqueceram de Mim' Imagem: Reprodução/Sarah Crowley

A casa em que os pais de Kevin (Macaulay Culkin) o esquecem durante o Natal no filme clássico dos anos 1990 fica em Winnetka, subúrbio de Chicago, no estado americano de Illinois. Com arquitetura georgiana, a espaçosa residência teve não só sua fachada reconhecível usada nas telas do cinema, como também o foyer e a sala de estar, segundo a revista Vanity Fair.

Fãs procuram a casa, sem parar, já há mais de 30 anos, revelaram os proprietários à publicação. Embaixadores e crianças com doenças em estado terminal conquistaram seu "último desejo" e visitaram a casa, que já sofreu algumas invasões.

O apê de Carrie em "Sex and the City"

O apartamento de Carrie Bradshaw, de "Sex and the City". Sua fachada é sempre lembrada pelas cenas de encontros entre a personagem e Mr. Big
O apartamento de Carrie Bradshaw, de "Sex and the City". Sua fachada é sempre lembrada pelas cenas de encontros entre a personagem e Mr. Big Imagem: peterspiro/Getty Images

Apesar de Carrie viver no bairro luxuoso Upper East Side na série, o imóvel que serviu de base para sua brownstone —a tradicional construção em arenito marrom popular em alguns bairros nobres e antigos de Nova York— fica do outro lado de Manhattan, no boêmico e descolado West Village.

O canal a cabo americano New York 1 entrevistou a filha do dono em 2021 e ela revelou que Sarah Jessica Parker apareceu algumas vezes por lá para gravar a série. "Ela tinha que vir ao apartamento para filmar apenas algumas vezes, sabe, para aparecer na janela." Ela ainda contou que, com alguma frequência, hordas de fãs apareciam ao longo dos anos gritando: 'Carrie, te amamos!'.

Continua após a publicidade

A residência de Taylor Swift em "Cornelia Street"

A icônica residência de Taylor Swift em Cornelia Street, no West Village, Nova York
A icônica residência de Taylor Swift em Cornelia Street, no West Village, Nova York Imagem: Divulgação/The Corcoran Group

Taylor imortalizou uma fase de seu relacionamento com o agora ex Joe Alwyn na canção "Cornelia Street", em referência à residência nova-iorquina onde ela curtiu o namoro ainda no início em 2016. Apesar de o casal não estar mais junto e a cantora ter deixado o imóvel há algum tempo, fãs seguem lembrando com carinho do endereço no West Village.

Tanto que, quando foi noticiado o rompimento de Joe e Taylor em abril, muita gente foi viver o luto em frente à casa. Segundo o The Wall Street Journal, o fluxo de "Swifties" fazendo selfies junto à fachada foi tão intenso por um tempo que chegou a espantar potenciais compradores interessados.

O lar de "Harry Potter"

12 Picket Post Close, a casa de Harry Potter
12 Picket Post Close, a casa de Harry Potter Imagem: Divulgação/Chancellors
Continua após a publicidade

A casa em que Harry vivia com os tios no início da saga existe: ela fica no número 12 da Picket Post Close da cidadezinha inglesa de Bracknell e se tornou um ponto de peregrinação dos "Potterheads" desde o lançamento do primeiro filme, "Harry Potter e a Pedra Filosofal", em 2001. No entanto, as constantes visitas já trouxeram problemas aos moradores.

O atual residente, que não quis ser identificado, reclamou ao tabloide The Sun que entende o fascínio das crianças, mas não de adultos. "Às vezes eles se vestem em fantasias completas [de bruxo] e recriam as cenas." Apesar disso, ele tenta acomodar a paixão dos fãs e até tira os carros de lugar, de vez em quando, para ajudá-los a conseguirem a melhor selfie.

Não me importo. Harry Potter é incrível, eu entendo. Mas você chega do trabalho e todo mundo está na sua porta, é uma loucura

O Corpo de Bombeiros de "Os Caça-Fantasmas"

O Corpo de Bombeiros de "Os Caça-Fantasmas" fica em Tribeca, em Nova York
O Corpo de Bombeiros de "Os Caça-Fantasmas" fica em Tribeca, em Nova York Imagem: peterspiro/Getty Images

Construído em 1903, o prédio não tem nenhuma identificação permanente com o filme, mas, de vez em quando, ele ganha a insígnia dos Caça-Fantasmas na entrada para comemorar ocasiões especiais, como o "Ghostbusters Day", que acontece todo ano em junho e atrai fãs fantasiados ao local onde o filme de 1984 foi rodado.

Continua após a publicidade

Na maioria do tempo, no entanto, o Corpo de Bombeiros continua operando — atendendo a chamados de incêndio por toda a cidade, mas nada de eventos paranormais.

A mansão do tio Phil em "Um Maluco no Pedaço"

A mansão de "Um Maluco no Pedaço" não fica em Bel-Air, na verdade
A mansão de "Um Maluco no Pedaço" não fica em Bel-Air, na verdade Imagem: Reprodução / Airbnb

Apesar de a série se passar em Bel-Air, a mansão dos Banks fica, na vida real, em Brentwood — outro bairro de ricos e famosos em Los Angeles. Em 2020, a mansão de quase 600 metros quadrados se tornou um Airbnb temporariamente para celebrar o 30º aniversário da série. Na ocasião, Will Smith esteve por lá para receber os hóspedes.

Toda essa fanfarra, contudo, é só pela fachada: a mansão só foi usada na série para cenas externas. E mesmo assim, sua breve aparição hipnotiza turistas até o local, ansiosos para tirar uma selfie nos portões.

A casa vitoriana de "Três É Demais"

A casa da família Tanner em "Três É Demais"
A casa da família Tanner em "Três É Demais" Imagem: Divulgação/The Agency
Continua após a publicidade

Outra que tem aparição breve nas telas, apenas nos créditos da série "Três É Demais", esta casa em estilo vitoriano em São Francisco é um dos pontos mais visitados por fãs nesta lista. Talvez esta seja a prova definitiva da força do hit dos anos 80 que lançou ao estrelato as gêmeas Olsen. Quer visitá-la? Enquanto outras casinhas coloridas ("Painted Ladies") da sequência ficam em Postcard Row, a casa da família Tanner está localizada na Broderick Street.

John Stamos, o tio Jesse, gosta de se divertir com a confusão de endereços entre os fãs. Em 2019, ele chegou a responder nas redes sociais a um fã que fez uma selfie em frente às Painted Ladies comentando que "apesar do sorriso, tio Jesse não estava em casa". Stamos respondeu: "É porque você está na casa errada".

Graceland, a propriedade de Elvis Presley

Elvis em Memphis, em sua propriedade Graceland
Elvis em Memphis, em sua propriedade Graceland Imagem: Michael Ochs Archives/ Getty Images

De todas as casas desta lista, esta é a que provavelmente atrai maior número de curiosos e fãs: 46 anos após a morte de seu dono, Elvis Presley, Graceland ainda recebe cerca de 500 mil pessoas ao ano. A mansão é parcialmente aberta ao público, que pode conhecer ambientes em que o Rei do Rock viveu, compôs suas canções e onde foi enterrado.

O entusiasmo pela extravagante Graceland é tão grande que uma réplica da casa foi construída na Dinamarca em homenagem a Elvis — e ao endereço original — segundo a revista Architectural Digest.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes