PUBLICIDADE
Topo

Galpão industrial virou casa criativa com estilo nórdico e cozinha colorida

A Casa industrial era um galpão e virou a moradia de um casal de Joinville - Arquivo Pessoal
A Casa industrial era um galpão e virou a moradia de um casal de Joinville Imagem: Arquivo Pessoal

Carol Scolforo

Colaboração para Nossa

10/03/2022 04h00

Muito se fala em estilo industrial, mas a casa de Layna e Kauê Fleith em Joinville, Santa Catarina, realmente surgiu de uma indústria. Anos atrás, o casal buscava um terreno para aumentar a fábrica de móveis dele, que funcionava até então nos fundos da morada.

"Compramos um lote em uma cidade pequena anexa, Araquari, e construímos um galpão para nossa marcenaria. Porém o espaço ficou pequeno mais rápido que o esperado", conta Layna.

Com a mudança para um galpão maior, este espaço de 90 m² ficaria vazio. Foi quando eles tiveram a ideia de aproveitar a base — que já tinha ótimo pé-direito de 4 metros, além de um vão livre de 60 m² — e morar ali mesmo. "Por esse motivo a chamamos de A Casa Industrial", ri Layna, que divide as ideias no perfil @acasaindustrial no Instagram.

Kauê, o gato Bento, Layna e a gata Madalena - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Kauê, o gato Bento, Layna e a gata Madalena
Imagem: Arquivo Pessoal

É um industrial que foge ao conceito bruto geralmente associado a essa linguagem. A calmaria dos arredores inspira a paleta suave, as linhas puras dos interiores e a decoração que o casal segue.

"Moramos em um local de preservação, com quase nenhum vizinho, uma tranquilidade. Isso influenciou na construção da casa", ela explica.

Referências

Sala de estar e jantar - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Sala de estar e jantar
Imagem: Arquivo Pessoal
Home office - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Home office
Imagem: Arquivo Pessoal

Amigas arquitetas ajudaram a definir o layout. Como trabalha com mobiliário, a dupla já reunia mil ideias vindas de diversas fontes.

"Perfis reais de casas nórdicas, de pessoas que moram nos países escandinavos que mostram seu dia a dia, suas marcas locais preferidas, suas escolhas para decoração e organização. O minimalismo e personalidade dessas casas sempre me inspirou", diz Layna.

Quarto do casal - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Quarto do casal
Imagem: Arquivo Pessoal
Detalhe do quarto de casal - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Detalhe do quarto de casal
Imagem: Arquivo Pessoal

Num viés, que ela chama de industrial-minimalista, que as coisas acontecem. "Os dois estilos são contraditórios e nosso maior desafio foi uni-los de uma forma coerente." Mas não sem a bossa brasileira e a criatividade. O piso de madeira aquece a mistura, cores leves e um decor organizado, sem muitos elementos, compõem um visual de serenidade.

Nossa casa é uma extensão de nós mesmos, então precisa de personalidade, precisamos nos ver nos ambientes. Uma forma de fazer isso é alterando detalhes de coisas que queremos reproduzir."

Banheiro com placas cimentícias - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Banheiro com placas cimentícias
Imagem: Arquivo Pessoal
Boxe do banheiro - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Boxe do banheiro
Imagem: Arquivo Pessoal

Minimalista tem cor? Sim, senhor

Cozinha - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Cozinha
Imagem: Arquivo Pessoal
Bancada da cozinha - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Bancada da cozinha
Imagem: Arquivo Pessoal

Na casa, a cozinha verde é uma protagonista. "Queríamos que nosso lar tivesse identidade, e achamos que a cor certa traria isso", conta, apontando o tom de verde Jade, pintado sobre a madeira. Aliás, Layna tem ótimas dicas quando o assunto é decorar, como você vai ver abaixo.

Dicas da Layna para dar personalidade à decoração gastando pouco

  • Use a criatividade. "Sempre quisemos ter coisas com muita qualidade mas com o menor custo possível. Quando fomos fazer nosso banheiro de concreto, ficamos chocados com os valores dos revestimentos que imitam cimento. Tive a ideia de ir a essas lojas de artefatos de cimento. Tive a ideia de usar placas de 70 cm X 15 cm com 04 cm de espessura, retas, como o revestimento do banheiro. Ficou a coisa mais linda e o valor final foi 80% mais barato do que os revestimentos que cotamos."
  • Metais mais em conta? Anote a dica. "Compramos todos os metais de inox polido, aqueles comuns, de ótima qualidade. Mandamos pintar em uma empresa de pintura e jateamento industrial, com tinta P.U líquida. Há quatro anos fizemos isso e continua intacta a pintura."
  • Pesquise e avalie a qualidade das marcas mais baratas. "Fiz uma pesquisa minuciosa e encontrei marcas com qualidade excelente e inclusive duas delas são de Joinville e indico de olhos fechados."
  • Sem preconceitos. "Na decoração, sou adepta a lojas de preço único. Com um olhar treinado, dá para fazer um enxoval inteiro nessas lojas. As visitas aqui em casa sempre falam 'como assim isso aqui custou 12 reais?'"

@s que me inspiram

@villavaldal

“É o perfil de uma casa na Noruega que me inspira muito. Mostra o gosto particular de decoração e arquitetura da região”

@dotandpop

“Esse estúdio de design de interiores é maravilhoso, de ótimo gosto, e posta imagens que me inspiram muito.”