PUBLICIDADE
Topo

Apê de 65 m² encontrou graça com estilo de "casa de vó" e mão na massa

Lucas e Tabata na mesa de jantar seu apê em Alphavile, São Paulo - Arquivo Pessoal
Lucas e Tabata na mesa de jantar seu apê em Alphavile, São Paulo Imagem: Arquivo Pessoal

Carol Scolforo

Colaboração para Nossa

03/03/2022 04h00

Nos últimos cinco anos antes da pandemia, Tabata Melo e Lucas Carlini viveram em Portugal. Com o caos mundial, decidiram que era hora de voltar às raízes, perto da família, no Brasil.

"Mas queríamos que esse retorno fosse para um lugar nosso, e pedimos ajuda aos meus sogros para que eles nos ajudassem a encontrar um apê", conta Tabata.

Este, em Alphaville, Barueri, em São Paulo, de 65 m² estava à espera da chegada dos dois. "É um prédio antigo, bem familiar, do jeito que já estávamos acostumados. Vimos muito potencial nele", conta Tabata, que começou a compartilhar as ideias da obra — que durou quase um ano — no perfil @apzero16.

"Essa super reforma criou mais conexão entre nós e a vida aqui no Brasil. De início foi bem difícil. Mas a cada processo dentro do apê a gente já se sentia mais em casa", diz ela.

Bem, fazer uma reforma em plena pandemia é para os fortes. O casal teve até ajuda de uma amiga arquiteta, mas não conseguiu seguir por não encontrar materiais. "Assim, fomos trabalhando com o que tínhamos e ficou ainda mais a nossa cara", ri.

Entrada do apartamento - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Entrada do apartamento
Imagem: Arquivo Pessoal
Sala de estar - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Sala de estar
Imagem: Arquivo Pessoal

Boho vintage

Sala de estar de Tabata e Lucas - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Sala de estar de Tabata e Lucas
Imagem: Arquivo Pessoal

Do Pinterest vieram as maiores referências. "Temos pastas de imagens para decorar uns 10 apartamentos", ri Tabata. De lá e de todos os vídeos que você imaginar pinçaram o ar vintage e bohemian que circula pelo apê. "Gostamos mesmo é de sentir aquela sensação de casa de vó, sabe?"

A história da dupla é contada por meio de objetos, cores, plantas e a palhinha, elemento retrô que dá graça ao lugar. Na parede de entrada, azulejos portugueses trazidos por eles na mala contam onde estiveram. Na cristaleira, uma coleção de canecas leva alto astral à sala de jantar.

Bufê de palhinha na sala de estar - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Bufê de palhinha na sala de estar
Imagem: Arquivo Pessoal
Outro ângulo do móvel de palhinha - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Outro ângulo do móvel de palhinha
Imagem: Arquivo Pessoal

Em todos os cantos, tons suaves se beneficiam da iluminação natural que banha o apê. É um novo tempo para Tabata e Lucas, que fazem muita coisa por ali com as próprias mãos. Assim, o lar ganha alma, vida e boas memórias.

Quarto com móvel reformado pelo casal - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Quarto com móvel reformado pelo casal
Imagem: Arquivo Pessoal
Cozinha do apartamento - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Cozinha do apartamento
Imagem: Arquivo Pessoal

Dicas da Tabata para ter personalidade e decorar gastando pouco

  • Sentido. "Traga para dentro da sua casa coisas que fazem sentido para você. Coisas que contam histórias sobre você? isso vai trazer personalidade para sua casa. E colocar a mão na massa também faz parte disso. Sem contar que assim se economiza demais. Nós fizemos isso em vários quesitos aqui e conseguimos economizar consideravelmente na nossa reforma."
  • Faça mais pela casa. "Nós temos uma bancada de madeira na cozinha que nós mesmos tratamos: lixamos, envernizamos e preparamos para que pudesse ser usada em uma área molhada. Seria um serviço que nos custaria muito caro e que conseguimos economizar."
  • Frequente os outlets. "Economizamos muito indo a outlet de móveis. Muitos dos móveis que temos no apê como sofá, cadeiras, aparador e escritório viram de outlet, pagando 60% a menos. Conseguimos peças com algum defeitinho ou apenas fora de linha, que ainda estão perfeitas."
  • Santo de casa faz milagre sim. "Escolhemos não deixar tudo por conta dos prestadores de serviço. Muita coisa nós mesmos corremos atrás de comprar e assim conseguimos garimpar o melhor preço. Puxadores da cozinha, palhas indianas dos móveis, por exemplo, nós providenciamos. E deu super certo!"
  • Planilhe-se. "Fizemos também uma planilha de gastos, estipulando um valor final para toda a reforma e tentamos nos manter dentro do valor. Isso nos ajudou a manter o pé no chão com os gastos."

@s que me inspiram

@domaarquitetura

“Gostamos de ver casas funcionais para pessoas reais. A gente aprendeu muito com ela, mesmo sem sermos da área. Conseguimos colocar várias coisas em prática por aqui na nossa reforma, esse perfil nos mostrou que era possível!”

#homeinspiration

“Sempre tiramos coisas boas dessa hashtag. Vira e mexe aparecem ideias legais pra colocar em prática aqui no apê e a gente espera um dia ser uma #homeinspiration pra alguém, assim como vemos várias por lá!”