PUBLICIDADE
Topo

Escudo contra inveja, Comigo-Ninguém-Pode embeleza com vários tons de verde

Dieffenbachia amoena, conhecida como Comigo-Ninguém-Pode - Getty Images/iStockphoto
Dieffenbachia amoena, conhecida como Comigo-Ninguém-Pode Imagem: Getty Images/iStockphoto

Silvia Montico

Colaboração para Nossa

05/02/2022 04h00

Muito provavelmente, toda a popularidade da Comigo-Ninguém-Pode (Dieffenbachia amoena) está ligada à beleza de suas grandes e brilhantes folhas, sua resistência e resiliência e ainda a sua fama de espantar mau-olhado.

Uma coisa é certa, mesmo quem não acredita na fama de planta protetora, não consegue resistir a beleza de suas folhas que combinam tons de verde e trazem mais vida para qualquer ambiente.

De acordo com Sabrina Jeha (@umahortabrotou), herborista da Sabor de Fazenda, a Comigo-Ninguém-Pode é uma planta herbácea perene, da vasta família das Araceae, que inclui outras como as espadas-de-são-jorge, os antúrios, caládios, inhames, taiobas, jiboia e aglaonemas.

Além de ser uma planta super fácil de cultivar, suas folhas ainda apresentam variados grafismos e diferentes tons de verde e branco ou amarelo claro, o que a torna muito atrativa. Sem falar que é rodeada de misticismo", diz Sabrina.

Comigo-Ninguém-Pode tem fama de espantar a inveja - DeAgostini/Getty Images - DeAgostini/Getty Images
Comigo-Ninguém-Pode tem fama de espantar a inveja
Imagem: DeAgostini/Getty Images

Imitando seu ambiente natural

Para cultivar a planta em casa, a dica da especialista é imitar um ambiente de mata tropical: solo rico em matéria orgânica, nem muito úmido, nem muito seco, com luz difusa, meia sombra ou no máximo, sol da manhã.

"Ela se adapta bem a vasos médios e grandes e vai bem também na área mais sombreada do jardim. Sofre demais com períodos prolongados com temperaturas baixas", afirma Sabrina. Encontrando as condições ideais, a planta não é de dar muito trabalho e pode durar longos anos.

Para que elas estejam sempre saudáveis, a dica é que elas sempre fiquem em um local sombreado, mas bem iluminado, e sem vento".

Lugar de sombra e rega correta garantem saúde da Comigo-Ninguém-Pode - Renato Jeferson - Renato Jeferson
Lugar de sombra e rega correta garantem saúde da Comigo-Ninguém-Pode
Imagem: Renato Jeferson

Depois é só ficar de olho aos requisitos básicos de quase todas as plantas: a rega, que deve ser equilibrada, de uma a duas vezes por semana; solo coberto com folhas secas, ou casca de arroz carbonizado ou ainda casca de pinus, para que se mantenha úmido e sem compactar; e a adubação, que pode ser feita cada 3 meses, com algum adubo orgânico.

"Se a planta começar a crescer muito além do tamanho do vaso, é hora de trocá-la para um vaso maior. Outra dica legal, é limparmos as folhas com um paninho úmido uma vez por mês ou quando achar que as folhas estão opacas e meio empoeiradas", completa Sabrina.

Pragas e doenças

Apesar da Comigo-Ninguém-Pode ser forte e resistente, ela pode sofrer ataques de pragas e doenças, principalmente se o solo estiver com excesso de umidade ou exposto a ventos frios e temperaturas baixas por um longo período.

"As doenças mais comuns são fúngicas, como antracnose (manchas marrons arredondadas), ou a podridão negra, que deixa as hastes e raízes podres. Ainda pode ocorrer o vírus do mosaico, responsável por folhas retorcidas e por atrofiar a planta. Se isso ocorrer, faça uma poda de limpeza, troque o substrato e o vaso e aplique, por um mês, óleo de nim toda a semana", detalha a herborista.

Comigo-Ninguém-Pode exige poda caprichada para não ficar doente - DeAgostini/Getty Images - DeAgostini/Getty Images
Comigo-Ninguém-Pode exige poda caprichada para não ficar doente
Imagem: DeAgostini/Getty Images

Onde acomodar a planta

Sabrina explica que é muito comum encontrar a Comigo-Ninguém-Pode na entrada das casas, estabelecimentos comerciais e no hall de chegada dos apartamentos, pela sua enorme fama de espantar mau-olhado e absorver as energias negativas, mas ela pode ser colocada em qualquer ambiente, interno ou externo, que seja sombreado e protegido de correntes de vento.

Porém, é preciso muito cuidado, pois trata-se de uma planta herbácea tóxica, que deve ser mantida fora do alcance de animais de estimação e crianças. Os cristais de oxalato de cálcio presentes em suas folhas, se mastigados, podem causar edema/inchaço da boca e garganta e em casos mais graves, até morte por asfixia.

Comigo-Ninguém-Pode pode ser tóxica para animais e crianças - Renato Jeferson - Renato Jeferson
Comigo-Ninguém-Pode pode ser tóxica para animais e crianças
Imagem: Renato Jeferson

Já em relação ao vaso, não há muita regra: vasos plásticos, de cerâmica, de barro, floreiras, tanto faz.

O importante é que sejam espaçosos (pelo menos 25 centímetros de profundidade), para que o sistema radicular possa crescer, se desenvolver bem e a planta tenha estrutura e raízes fortes para se manter bonita", explica Sabrina.