PUBLICIDADE
Topo

Nova Maldivas? Seychelles adota "plano sucesso" para atrair novos turistas

Arquipélago no continente africano busca recuperar turismo, que sofreu queda em 2020 com a pandemia do coronavírus - Getty Images/iStockPhotos
Arquipélago no continente africano busca recuperar turismo, que sofreu queda em 2020 com a pandemia do coronavírus
Imagem: Getty Images/iStockPhotos

De Nossa

15/03/2021 15h04

O plano das Maldivas para não perder seus turistas, incluindo famosos, que procuram por luxo tem sido considerado um sucesso. Em setembro, o local começou a exigir teste negativo, mas não instituiu um período de quarentena de 14 dias para seus visitantes.

Quem segue essa mesma estratégia agora é Seychelles, arquipélago de 115 ilhas no Oceano Índico, perto da costa leste da África.

A partir do dia 25 de março, o paraíso africano reabrirá suas fronteiras para os viajantes sem nenhuma quarentena ou vacina para covid-19 necessária, anunciou a autoridade de turismo do país na semana passada.

Quem quiser ir até lá só precisará apresentar um teste de PCR negativo, feito 72 horas antes da partida.

Os turistas ainda precisarão manter o distanciamento social e usar máscaras faciais. Apenas as pessoas que vierem da África do Sul não poderão entrar na região.

Registro de uma das ilhas de Seychelles  - Getty Images - Getty Images
Registro de uma das ilhas de Seychelles
Imagem: Getty Images

As autoridades das Seychelles dizem que a decisão foi tomada em meio ao sucesso da campanha de vacinação do país. Na semana passada, o presidente Wavel Ramkalawan disse que Seychelles espera ter 70% de sua população, de 100 mil pessoas, vacinada até meados de março

Dessa forma, Seychelles alcançaria a "imunidade de rebanho", quando de 50% a 90% da população está imune.

A pandemia, assim como em diversos outros lugares dependentes do turismo, afetou o arquipélago. O setor teve queda de 61% em 2020 em comparação ao ano anterior, como comunicou o ministro das finanças.

A retomada para a recuperação começou em janeiro desse ano, quando Seychelles foi o primeiro país africano a iniciar um programa de vacinação, de acordo com um comunicado à imprensa.

O cenário paradisíaco

Seychelles - Getty Images/iStockphoto - Getty Images/iStockphoto
Seychelles
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Seychelles é um arquipélago de 115 ilhas no Oceano Índico, perto da costa leste da África. Elas têm um grande número de praias, recifes de corais e reservas naturais, além de animais raros como a tartaruga-das-seychelles. Mahé, base para visitação das outras ilhas, com a capital Victoria.

Destacam-se também as florestas tropicais montanhosas do Parque Nacional Morne Seychellois e praias como Beau Vallon e Anse Takamaka.

A tartaruga gigante Aldabra (Aldabrachelys gigantea), das ilhas do Atol Aldabra nas Seychelles, é uma das maiores tartarugas do mundo - Getty Images - Getty Images
A tartaruga gigante Aldabra (Aldabrachelys gigantea), das ilhas do Atol Aldabra nas Seychelles, é uma das maiores tartarugas do mundo
Imagem: Getty Images

O local abriga dois patrimônios da humanidade pela Unesco. A Reserva Natural de Vallé du Mai, na ilha de Praslin, protege o coco de mer, a maior semente do mundo vegetal, vinda de uma palmeira. Já o Atol de Aldabra é composto por quatro ilhotas coralíneas, formando uma grande laguna, cercada por um recife de corais.

Seychelles acolhe ainda a população de mais de 150 mil tartarugas-marinhas, a maior do mundo.