PUBLICIDADE
Topo

Luminárias de papel com dobraduras dão toque lúdico à decoração

Luminárias de papel são criadas a partir de dobraduras pelas mãos da artista Caroles Gonzaga - Augusto Kuba
Luminárias de papel são criadas a partir de dobraduras pelas mãos da artista Caroles Gonzaga
Imagem: Augusto Kuba

Carol Scolforo

Colaboração para Nossa

06/10/2020 04h00

Caroles Gonzaga

Caroles Gonzaga

Quem é

Após se formar em Artes Visuais, a artista atuou em uma produtora criando objetos e cenários de papel para filmes de animação. A experiência no set fez com que sua paixão por papel encontrasse sua cara metade: a luz.

Caroles Gonzaga se formou em artes plásticas. Tudo ia bem com seu trabalho: ela fazia objetos e cenários de papel para filmes de animação em stop motion para filmes publicitários. Até que em 2015 uma crise nesse mercado afetou sua produção.

"Comecei a dobrar papel para me distrair. E vi que ali dava jogo, era possível criar mais. Assim me aprofundei no assunto e fiz as luminárias Bétula e Pinho", conta.

Na época, sem cursos específicos, ela seguiu o caminho das tentativas e erros. "Põe erros nisso. Aos poucos, o trabalho ganhou corpo". Cada vez mais, Caroles entrava em contato com arquitetos e assim nascia a Iluminoo, sua marca de luminárias de papel com dobraduras que hipnotizam com cores, formas e detalhes.

Luminárias diversas na decoração de casamento  - Roberto Tamer - Roberto Tamer
Luminárias diversas na decoração de casamento
Imagem: Roberto Tamer

Até que um dia, em 2017, veio o convite para compor um ambiente que o escritório SP Estúdio faria na Casa Cor. "Era um quarto infantil e fiquei bem nichada nesses espaços". O evento foi um divisor de águas importante. Mas o instagram @iluminoo sempre foi uma grande vitrine.

No ateliê, ela atende por agendamento e mostra as infinitas formas de compor seu produto: há 50 tons de papéis, 60 cores de fios, tamanhos que variam entre 20 a 60 centímetros e 15 tonalidades de soquetes e canoplas. "Isso torna as peças muito personalizadas."

Em todas as vendas ela dá sua consultoria a fim de definir esses acabamentos e orientar para que cada item agregue valor ao ambiente.

Produção com desafios

Luminária de papel de Caroles Gonzaga - Divulgação - Divulgação
Luminária de papel de Caroles Gonzaga
Imagem: Divulgação
Obra na decoração de um quarto infantil - Renata D Almeida - Renata D Almeida
Obra na decoração de um quarto infantil
Imagem: Renata D Almeida

Embora pareça, o trabalho não é simples. "Entre as dificuldades do começo, fiz uma boa pesquisa para descobrir o papel correto, que oferecesse boa flexibilidade e durabilidade. A matemática de fazer os encaixes perfeitos para que as peças funcionassem foi outro desafio", lembra. Ela diz que até hoje comete erros e perde papel.

Minha conexão com a produção me leva a um estado meditativo. É a frequência que mais amo no dia. Um mergulho interno prazeroso que finaliza ao ver a reação do cliente encantado com a luminária instalada."

Luminárias de papel na cor rosa - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Luminárias de papel na cor rosa
Imagem: Reprodução/Instagram

Cada item exige de 2 a 8 horas de trabalho manual. Caroles começa com a marcação, passa pelo vinco, trabalha as dobras e finaliza com a montagem, o que inclui a parte elétrica. Em um mês já saíram de seu ateliê 60 peças.

"O papel mudou a minha vida. Empreender é difícil, mas prazeroso. Tenho tendinite e às vezes me machuco, mas é uma aventura boa", ri.

@s que me inspiram

@zimandzou

Um estúdio francês de dois artistas que trabalham lindamente o papel. Todos os objetos criados são riquíssimos em detalhes, eu gostaria de passar uns dias trabalhando com eles, seria um sonho!

@studio.drift

São artistas holandeses que criaram uma instalação luminosa com movimento em formato de flores: elas abrem e fecham como uma dança. Belíssimo como um balé. Adoro como eles trabalham a mecânica das peças, é incrível!