PUBLICIDADE
Topo

Peruano é melhor casa da América Latina; Claude Troigros recebe homenagem

Virgilio Martinez e Pia Leon, do restaurante Central (Peru) - no topo da lista "50 Best" pelo terceiro ano consecutivo - Divulgação/The World"s 50 Best Restaurants 2014/William Reed Business Media
Virgilio Martinez e Pia Leon, do restaurante Central (Peru) - no topo da lista "50 Best" pelo terceiro ano consecutivo Imagem: Divulgação/The World's 50 Best Restaurants 2014/William Reed Business Media

Anna Fagundes

Do UOL, em São Paulo

27/09/2016 00h46

Deu Peru de novo na lista dos melhores restaurantes da América Latina - o Central, dos chefs Virgilio Martinez e Pia Leon, levou pelo terceiro ano consecutivo o topo do ranking da versão latino-americana do prêmio "50 Best", revelado na noite desta segunda-feira (26) na Cidade do México.

Com vários novos nomes e participação inédita de países como Paraguai e Panamá, a competição foi também bastante favorável para as casas do Brasil. O país teve forte presença no ranking de 2016 - além de participar com nove restaurantes, o chef Claude Troisgros, do Olympe, recebeu um prêmio em homenagem à sua carreira e contribuição para a gastronomia.

Foram premiados os paulistanos D.O.M., Maní, e Mocotó, os cariocas Lasai, Olympe e Roberta Sudbrack, e o paraense Remanso do Bosque. O Tuju, em São Paulo, estreeou na lista na 45ª posição, enquanto a igualmente paulistana Casa do Porco foi a melhor estreia da noite, entrando no ranking na 24ª posição.

O chef francês Claude Troisgros  - Divulgação/Arte UOL - Divulgação/Arte UOL
Claude Troisgros recebeu prêmio especial pelo conjunto da obra
Imagem: Divulgação/Arte UOL

O prêmio de melhor chef feminina da América Latina foi para a dinamarquesa Kamilla Seidler, por conta de seu trabalho no restaurante Gustu, em La Paz (Bolívia). Já o título de restaurante de maior potencial da América Latina (fora da lista principal, mas com chances de entrar no ranking no ano que vem) foi para o mexicano Alcalde, de Guadalajara. O melhor confeiteiro em 2016, de acordo com a eleição do prêmio, foi o chileno Gustavo Saez.

O título de Chef dos Chefs -escolhido pelos 50 cozinheiros que participam da lista- neste ano foi para o mexicano Guillermo Gonzalez Beristain, do restaurante Pangea, em Monterrey. Já o prêmio de melhor hospitalidade, uma novidade no 50 Best, foi para o restaurante mexicano Pujol.

 

A lista completa dos 50 restaurantes premiados é a seguinte:

1. Central (Lima, Peru- também eleito o melhor restaurante do país)

2. Maido (Lima, Peru)

3. D.O.M. (São Paulo, Brasil, também eleito melhor restaurante do Brasil)

4. Boragó (Santiago, Chile; também premiado como o melhor restaurante do país)

5. Pujol (Cidade do México, México - também eleito o melhor restaurante do país)

6. Quintonil (Cidade do México, México)

7. Astrid y Gastón (Lima, Peru)

8. Maní (São Paulo, Brasil)

9. Tegui (Buenos Aires, Argentina, também eleito o melhor restaurante do país)

10. Biko (Cidade do México, México)

11. Sud777 (Cidade de México, México)

12. La Mar (Lima, Peru)

13. El Baqueano (Buenos Aires, Argentina)

14. Gustu (La Paz, Bolívia - também premiado como melhor restaurante do país)

15. Amaranta (Toluca, México)

16. Leo (Bogotá, Colômbia - também premiado como melhor restaurante do país)

17. Olympe (Rio de Janeiro, Brasil)

18. Lasai (Rio de Janeiro, Brasil)

19. Pangea (Monterrey, México)

20. Ambrosia (Santiago, Chile)

21. Don Julio (Buenos Aires, Argentina) - empate como melhor evolução na lista em relação a 2015

22. 99 (Santiago, Chile) - empate como melhor evolução na lista em relação a 2015

23. Parador La Huella (José Ignacio, Uruguai - também premiado como melhor restaurante do país)

24. A Casa do Porco (São Paulo, Brasil) - premiado como a casa com a melhor estreia na lista

25. Roberta Sudback (Rio de Janeiro, Brasil)

26. Aramburu (Buenos Aires, Argentina)

27. Osso (Lima, Peru)

28. Mocotó (São Paulo, Brasil)

29. Criterion (Bogotá, Colômbia)

30. Rafael (Lima, Peru)

31. Elena (Buenos Aires, Argentina)

32. Alto (Caracas, Venezuela) - também eleito o melhor restaurante do país

33. La Cabrera (Buenos Aires, Argentina)

34. Fiesta (Lima, Peru)

35. Chila (Buenos Aires, Argetina)

36. Maito (Cidade do Panamá, Panamá) - primeira participação do país no ranking

37. Nicos (Cidade do México, México)

38. Malabar (Lima, Peru)

39. Corazón de Tierra (Guadalupe, México)

40. Harry Sasson (Bogotá, Colômbia)

41. Isolina (Lima, Peru)

42. 1884 (Mendonza, Argentina)

43. Osaka (Santiago, Chile)

44. Remanso do Bosque (Belém do Pará, Brasil)

45. Tujú (São Paulo, Brasil)

46. La Bourgogne  (Punta del Este, Uruguai)

47. Tierra Colorada (Assunção, Paraguai) - primeira participação do país no ranking

48. Dulce Patria (Cidade do México, México)

49. André Carne de Res (Chía, Colômbia)

50. Pura Terra (Buenos Aires, Argentina)