PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Antes de acionar freio, italiano já chutou e desligou moto de outro rival

Romano Fenati chutou a moto de rival durante prova da Moto3, em 2015 - Reprodução
Romano Fenati chutou a moto de rival durante prova da Moto3, em 2015 Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

10/09/2018 19h39

O piloto Romano Fenati foi o autor de uma das cenas mais comentadas do último final de semana. O italiano apertou o freio da moto do rival Stefano Manzi, da equipe Forward Suter, que corria ao lado dele a aproximadamente 209 km/h (130 mph), no GP de San Marino e Riviera de Rimmi, pelo Campeonato Mundial de Moto2, neste domingo (9).

Suspenso por duas corridas pela organização do campeonato, Fenati foi demitido da sua equipe, Matrinelli Snipers Team, nesta segunda-feira (10).

A atitude temerária, no entanto, não é a primeira tomada por ele contra outros rivais. Conhecido por discutir e ameaçar pilotos durante as corridas, ele chegou a chutar a moto do finlandês Niklas Ajo, durante a volta de apresentação do GP da Argentina, da Moto3, em abril de 2015.

À época correndo pela equipe Sky Racing Team by VR46, cujo proprierátio é Valentino Rossi, o italiano fez sinal desafiando o rival a chegar perto dele. Na sequência, quando ambos ficaram lado a lado, Fenati chutou a moto de Ajo, que abriu os braços em protesto.

Quando os pilotos se alinharam na largada, os dois continuaram discutindo. Momentos antes de arrancar com sua moto, o italiano desligou a motocicleta de Ajo, o impedindo de largar. 

Pela sua conduta, foi penalizado com três pontos e largou do entre os últimos na corrida seguinte. 

Durante a temporada seguinte, Fenati foi dispensado da equipe por problemas disciplinares não revelados à época. 

Esporte